O sentido háptico e a politização da imagem contemporânea

Tarcisio Torres Silva

Resumo


Neste trabalho, propomos uma abordagem teórica sobre os efeitos políticos do sentido do tato/háptico, de forma a entender em que medida a intensificação da experiência háptica contemporânea colabora para criar proximidade e engajamento entre indivíduos, sobrecarregados pelo excesso de informação visual oferecido por múltiplas mídias. Ao final, utilizamos a obra do artista brasileiro Rodrigo Braga, para exemplificar o uso político do sentido háptico na contemporaneidade.


Palavras-chave


Sentido háptico. Corpo. Política. Rodrigo Braga.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2017v13n22p236

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.