A cobertura fotojornalística do atentado à escola de Beslan em seis newsmagazines portuguesas e brasileiras

Jorge Pedro Sousa, Maria Érica de Oliveira Lima

Resumo


Neste texto descreve-se como seis newsmagazines portuguesas e brasileiras cobriram fotojornalisticamente o atentado à escola de Beslan (Rússia) em setembro de 2004, através de uma análise quantitativa e qualitativa do discurso. Principais conclusões: 1) As fotografias foram estruturantes da narrativa e contribuíram para suportar um discurso de condenação e excomunhão dos terroristas; 2) Os fotojornalistas recuperaram padrões históricos de abordagem da realidade, enfatizando que a história contribui para moldar a forma das fotonotícias; 3) O discurso fotojornalístico é tão selectivo e enviesado como o verbal: mostra na mesma medida em que oculta.


Palavras-chave


Fotojornalismo. Análise de conteúdo. Terrorismo. Crianças.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-7939.2006v2n2p111



Discursos Fotogr.

Londrina - PR

DOI: 10.5433/1984-7939

EISSN: 1984-7939

Email: revistadiscursos@uel.br




 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.