A imigração haitiana e a criminalidade no município de Manaus

Valmir César Pozzetti, Alexandre dos Santos Tamer

Resumo


Este artigo abordou a relação entre a criminalidade registrada no Município de Manaus no período de Janeiro de 2010 e Maio de 2013 e a imigração de Haitianos ocorrida à partir de 2010, decorrente do terremoto que atingiu aquele país. O entrecruzamento de dados entre raça, crime e violência justificou-se, pois este movimento imigratório desencadeou reações na sociedade manauara, decorrentes do de fatores diversos, tais como preconceito social, racismo e xenofobia. Foram coletados os dados da criminalidade no período analisado e extraídos os registros que possuíam vítimas e/ou autores haitianos. Foi identificado que os haitianos foram vítimas na quase totalidade dos registros encontrados, e que nenhum haitiano cometeu os crimes de maior potencial ofensivo, no período analisado.


Palavras-chave


Imigração; Haitianos; Preconceito; Violência; Criminalidade; Xenofobia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1980-511X.2013v8n3p55

Direitos autorais



Rev. Dir. Publico

Londrina - PR

ISSN: 1980-511X

Email: rdpubuel@uel.br



 

 


Indexado: