Memória e identidade social na música caipira da paulistânia

Geise Bernadelli

Resumo


A proposta desse artigo é percorrer as origens da música caipira e perpassar o início de sua trajetória até a cisão que acometeu o gênero, assinalando as diferentes noções que se teve ao longo do tempo sobre o ser caipira, sua cultura, seus valores e modo de vida. Compreendido o objeto, busca-se caracterizar a identidade social do caipira por meio das lembranças dos anciãos, das que são evocadas pela música, pelos causos e pelas tradições culturais, tomando-se por base relatos de velhos mestres violeiros e de jovens inseridos na cultura caipira, constatando-se a presença viva desta e interpelando-se sobre sua continuidade e representação nos dias atuais.

Palavras-chave


Caipira. Viola. Valores. Lembranças. Identidade social.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Mário de. Pequena história da música. 8ª ed. São Paulo: Livraria Martins Editora, 1980.

CANDIDO, Antonio. Os parceiros do Rio Bonito: estudo sobre o caipira paulista e a transformação dos seus meios de vida. 11.ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre azul, 2010.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

LOBATO, Monteiro. Urupês. 5ª ed. São Paulo: Editora da Revista do Brasil, 1919.

NEPOMUCENO, Rosa. Música caipira: da roça ao rodeio. São Paulo: Ed. 34, 1999.

PIUNTI, André. Música sertaneja – uma paixão brasileira. Vol. II. São Paulo: Ed. Talismã, 2011.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, p. 200–212, 1992.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v.2, n.3, p. 3–15, 1989.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Ed. Unicamp, 2007.

AZEVEDO, Téo et al. Guimarães Rosa: Mineirada Roseana. Montes Claros: Independente, 2015.

CORRÊA, Roberto; FREIRE, Paulo; MEDEIROS, Badia. Esbrangente. Brasília: Zen Studio, 2002. 1 CD.

DIAS, Wilson. Mucuta. Belo Horizonte: Estúdio Rio Abaixo, 2011.

OS CAIPIRAS, por Antonio Candido. Direção: Isa Grinspum Ferraz. Produção: Zita Carvalhosa. Documentário, 20'08''. Brasil: TV Cultura e Arte, 2001. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=COgTtPtMaTc. Acesso em: dez. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428