A literatura de cordel na EJA: um diálogo com diferentes práticas de letramento

Sílvia Gomes de Santana

Resumo


Discute a importância da poesia cordelista no letramento de estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), especialmente adultos e idosos. O objetivo deste estudo é analisar exemplos de cordéis na perspectiva desse letramento específico. Serão estudadas as ideias de Soares, Cosson, Zumthor, Ferreira, Freire, entre outros, no sentido de se definir o cordel, manifestação literária e cultural marginalizada por décadas e ligada a segmentos sociais desprivilegiados, como instrumento eficiente de letramento.


Palavras-chave


Letramento; EJA; Cordel

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Márcia. Cultura letrada: literatura e leitura. São Paulo: UNESP, 2006.

ARROYO, Miguel. A educação de jovens e adultos em tempos de exclusão. In: Construçãocoletiva: contribuições à educação de jovens e adultos. Brasília: UNESCO: MEC, RAAAB, 2005.

BAKHTIN, Mikhail. O problema dos gêneros discursivos. In: Estética da criação verbal. Tradução de Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes. 1997.

BERND, Zilá; MIGOZZI, Jacques, org. Fronteiras do literário: Literatura oral e popular Brasil/França. Porto Alegre: Editora da Universidade: UFRGS, 1995.

BRASIL. Lei nº 9.394/96, 24 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Brasília, 1998.

BRASIL. Secretaria da educação fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental: Língua Portuguesa. Brasília: MEC: SEF, 1999.

BURKE, Peter. Cultura popular na idade moderna: Europa 1500-1800. São Paulo: Companhia das letras, 2010.

CAMPOS, Renato. Ideologia dos poetas populares do Nordeste. 2 ed. Recife: Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais. Rio de Janeiro: FUNARTE, 1977.

CONCEIÇÃO, Antônio Ribeiro da. Bimba Espalhou Capoeira Nas Praças do Mundo Inteiro. Disponível em: . Acesso em: 04 dez. 2014.

COSSON, Rildo. Letramento Literário: teoria e prática. São Paulo: contexto, 2009.

CURRAN, Mark J. Cuíca de Santo Amaro: poeta repórter da Bahia. Salvador: Fundação casa de Jorge Amado, 1990.

EAGLETON, Terry. Teoria da Literatura: uma Introdução. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

FERREIRA, Jerusa Pires. Memórias de Jerusa Pires Ferreira: a história do cordel em São Paulo. 30 nov. 2012. Disponível em: . Acesso em: 23 nov. 2014.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 23. ed. São Paulo: Cortez, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática docente. São Paulo: Paz eTerra, 1996.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução de Tomaz Tadeu da Silva e Guacira Lopes Louro.7 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

ONG, Walter J. Oralidade e cultura escrita. Tradução de Enid Abreu Dobranszky. São Paulo, Papirus, 1998.

ROJO, Roxane; BATISTA, Antônio Augusto (Org.). Livro didático de língua portuguesa: letramento e cultura escrita. Campinas: Mercado das letras, 2005.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

ZUMTHOR, Paul. Performance, recepção, leitura. Tradução de Jerusa Pires Ferreira e Suely Fenerich. São Paulo: EDUC, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428