Historiographies premières: a escritura poética oralizada como lugar de conhecimento

Ana Rossi

Resumo


Este artigo traz uma reflexão sobre o projeto de escritura a partir do poema que redigi em língua francesa, e que se intitula « historiographies premières ». A partir deste projeto de escritura poética, o artigo desenvolve uma reflexão epistemológica que, questionando o campo historiográfico, institui a voz e a oralidade como elementos fundamentais para a construção de um novo tipo conhecimento a respeito da realidade brasileira. Assim, a escritura literária oralizada por meio da voz, traz um conhecimento inédito sobre nossas sociedades.


Palavras-chave


projeto de escritura literária. Brasilidade. Voz. Oralidade. Epistemologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Boitatá
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428