As formações discursivas da memória na composição narrativa

José Guilherme dos Santos Fernandes

Resumo


o presente artigo se propõe a discutir a composição do texto narrativo, oral ou escrito, a partir da memória e o discurso. Compreende-se que o narrador é produtor de versões ficcionais e que manipula estas versões discursivamente, em procedimentos de veridição e de autoria, a partir de suas memórias, esquecimentos e silenciamentos. A narrativa é resultado da experiência particular do narrador e do grupo social (formações ideológicas e discursivas) a que pertence, em trânsito entre o público e o privado, entre estrutura e história, entre memória coletiva e memórias subterrâneas.

Palavras-chave


Memória; Narrativa; Discurso

Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

FIORIN, José Luiz. Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 1995.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Edições Loyola, 1996.

GARCIA-ROZA, Luiz Alfredo. Palavra e verdade na filosofia e na psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editores, 1990.

GEERTZ, Clifford. Obras e vidas: o antropólogo como autor. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2005.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Ed. Unicamp, 1996.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Revista de Estudos Históricos, Rio de Janeiro, n.3, p. 1-9, 1989.

PORTELLI, Alessandro. O que faz a história oral diferente. Revista Projeto História, São Paulo, n.14, p. 25-39, fev 1997.

RICOEUR, Paul. Historia y narratividad. Barcelona: Ediciones Paidós, 1999.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Ed. Unicamp, 2007.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória e guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2007.

THOMSON, Alistair. Recompondo a memória: questões sobre a relação entre a história oral e as memórias. Revista Projeto História, São Paulo, n.15, p. 51-84, abr 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428