Artimanhas da malandragem e memória discursiva em personagens do cotidiano: Pedro Malasartes e Mineirinho Ladrão, os "fora da lei"

Anderson de Carvalho Pereira, Leda Verdiani Tfouni

Resumo


O artigo mostra o processo de ressignificação em discursos do cotidiano. Em torno da polissemia de sentidos de “malandragem”, a noção de memória discursiva da Análise de Discurso francesa é mobilizada para a análise de um corpus formado pela narrativa “Pedro Malasartes”, contada por uma mulher não alfabetizada, pela letra da canção “Cowboy fora da lei” de Raul Seixas e pela entrevista do “Mineirinho Ladrão” ao ser preso em decorrência de uma tentativa de roubo, tal como veiculada em ambiente virtual (youtube). Apontamos formações imaginárias que veiculam a naturalização e a subversão dos sentidos de “malandragem”, “roubo” e “herói” por conta do modo como os diferentes pontos da memória discursiva sinalizam uma polissemia apontando efeitos de sentido desses “heróis sem nenhum caráter”.


Palavras-chave


Narrativas Orais; Discurso; Memória; Letramento

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, M. Macunaíma: o herói sem nenhum caráter. Belo Horizonte/MG: Itatiaia. 1928/1986.

BARBOSA, L. O jeitinho brasileiro: a arte de ser mais igual que os outros. Rio de Janeiro: Campus. 1992.

CANDIDO, Antonio. Os parceiros do rio bonito: estudo sobre o caipira paulista e a transferência dos seus meios de vida. 8. ed. Editora 34. São Paulo/SP: 1997.

CASCUDO, Luís Câmara. Literatura oral no Brasil. Belo Horizonte/MG: Itatiaia. São Paulo/SP: Ed. da USP. 1984.

CASCUDO, Luís Câmara Seis aventuras de Pedro Malazarte. In: CASCUDO, L.C. Contos Tradicionais do Brasil. Rio de Janeiro/RJ: Ediouro. 2003. 188-194.

CERTEAU, M. A invenção do cotidiano: 1. artes de fazer. 5. ed. Petrópolis/RJ: Vozes. 1999.

COURTINE, J.J. Définitions d’orientations théoriques et construction de procédures en analyse du discours. Philosophies, vol. IX, p.239-265, octobre, 1982.

DAVALON, J. A imagem, uma arte de memória? In: P. Achard (Org.). Papel da memória. Tradução de José Horta Nunes. Campinas: Pontes, 1999.

FARIA, D. Makunaima e Macunaíma: entre a natureza e a História. Rev. Bras. Historia. São Paulo, v. 26, no. 51, 263-280, 2006.

FARIA, D. Discurso da escrita e ensino. Campinas/SP: UNICAMP. 1995.

GINZBURG, C. Mitos, emblemas e sinais: morfologia e História. São Paulo: Cia. Das Letras, 1989.

HENRY, P. A História não existe? In: E. P. Orlandi (Org.). Gestos de leitura: da História no Discurso. Tradução de Bethânia Mariani et al. Campinas: Editora da Unicamp, 1994.

HOLANDA, S. B. Raízes do Brasil. 26. ed. Rio de Janeiro/RJ: Companhia das Letras. 1936/1995.

LACAN, J. Subversão do sujeito e dialética do desejo. In: LACAN, J. Escritos. Rio de Janeiro/RJ: Zahar. 1998. p. 807-843.

MATTA, R. Sabe com quem está falando? Um ensaio sobre a distinção entre indivíduo e pessoa na Brasil. In: MATTA, R. Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro. RJ/RJ: Rocco. 1997. 181-248.

ORLANDI, E.P. Discurso: fato, dado, exterioridade. In.: CASTRO, M.F.P. (Org.). O método e o dado no estudo da linguagem. Campinas/SP. UNICAMP, 1996, p. 209-219.

ORLANDI, E.P. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. Petrópolis/RJ: Vozes. 2001.

PÊCHEUX, M. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi et al. 2. ed. Campinas/SP: UNICAMP, 1993.

PÊCHEUX, M. Papel da memória. Tradução de José Horta Nunes. In: ACHARD, P. (Org.) Papel da memória. Campinas/SP: Pontes. 1999.

PÊCHEUX, M. O discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi. 3. ed. Campinas: Pontes Editora, 1990.

PEREIRA, A C. Mito e autoria nas práticas letradas. 2009. Tese (Doutorado), FFCLRPUSP, Ribeirão Preto/SP.

POSADA, M.C. (Org.). Sopa de Pedras. In: Contos populares para crianças da América Latina. São Paulo/SP: Ática. 1984. p. 7-15.

ROMERO, S. Uma das de Pedro Malas-artes. In: Contos populares do Brasil. Rio de Janeiro/RJ: José Olympio editora. 1954. p. 49-54.

TFOUNI, L.V. Letramento e Analfabetismo. Tese de Livre Docência, 1992, FFCLRP-USP, Ribeirão Preto/SP. 1992.

TFOUNI, L.V. Letramento e Alfabetização. São Paulo: Cortez. 2004.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428