Terra Sonâmbula: entre o dito e o ditado

Cristina Mielczarski dos Santos

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo principal a análise da obra Terra Sonâmbula (1992), do autor moçambicano Mia Couto. Para tanto, aborda as questões pertinentes à memória coletiva e à individual, por intermédio de dois elementos que são significativos na tessitura narrativa do autor: carta e provérbio. A análise dialoga com diversos téoricos, entre eles: Stuart Hall e Ana Mafalda Leite.


Palavras-chave


Literatura Africana; Oralidade; Provérbio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428