Passado, história e memória em movimento

Mara Regina Avila de Avila

Resumo


Este artigo apresenta a relação do passado na construção de uma identidade cultural na poesia angolana. O passado nas suas relações diretas com a memória e a história. Um passado interativo capaz de reinscrever um novo presente histórico e as relações entre história e memória tendo em conta na proposta de Jacques Le Goff “o tempo” como elemento de ligação. Nesse processo de “reconstrução” literária, a oralidade manifesta-se pelos processos subjetivos da memória, procurando tecer Angola aos passados não ditos, não representados dos discursos colonialistas, reescrevendo-a num novo presente histórico.


Palavras-chave


Literaturas de língua portuguesa; Poesia angolana; Oralidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALTERNATIVAS. O movimento da Negritude. Nº 1, Ano I. jun-jul. 2000. Disponível em: www.prof2000.pt/users/hjco/alternativas01/Pag00009.htm Acesso em 6 set. 2010.

BHABHA, Homi. Local da cultura. Belo Horizonte: UFMG. 1998

BOAVIDA, Américo. Angola cinco séculos de exploração portuguesa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

BURKE, Peter. Hibridismo cultural. São Leopoldo: Unisinos, 2003.

CARDOSO, Boaventura. Boaventura Cardoso, a escrita em processo. São Paulo: Alameda, União dos Escritores Angolanos, 2005.

CHAVES, Rita. Angola e Moçambique: experiência colonial e territórios literários. São Paulo: Ateliê Editorial, 2005.

ELIADE, Mircea. Imagens e símbolos. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaina. Usos & abusos da História Oral. 8º edição. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 9º ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2004.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. 5º ed. Campinas: Unicamp, 2003.

MUNANGA, Kabengele. Origens africanas do Brasil contemporâneo: histórias línguas, culturas e civilizações. São Paulo: Global, 2009.

RUADIREITA. Griots. Disponível em: www.ruadireita.com/msical/info/griots-os-interpretesmusicais-da história-africana. Acesso em 24 mar. 2010.

SARLO, Beatriz. Tempo passado: cultura da memória guinada subjetiva. São Paulo: Companhia das Letras; Belo Horizonte: UFMG, 2007.

SECCO, Carmem Lucia Tindó Ribeiro. Ruminações do tempo e da memória da poesia de Paula Tavares. União de Escritores de Angola, 2002. Disponível em www.ueaangola.org/artigo.cfm?ID=120 Acesso em: 29 ago. 2010.

TAVARES, Paula. Cinqüenta anos de literatura angolana, 1999, p. 124-130. Disponível em www.ffch.usp.br/dlcv/posgraduaçao/ecl/pdf/via03_10.pdf. Acesso em 30 ago. 2010.

TAVARES, Paula. O lago da lua. Lisboa: Caminho, 1999.

TAVARES, Paula. Ex-votos. Lisboa: Caminho, 2003.

TAVARES, Paula. Ritos de passagem. Lisboa: Caminho, 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428