A movência como como fator de adaptação das poéticas orais

Renata Beloni de Arruda Fernandes

Resumo


Este trabalho tem a intenção de analisar como a literatura popular, por meio das poéticas orais, adquire características próprias da comunidade em que se insere. Com isso, verifica-se um movimento de adaptação de contos tradicionais, com objetivo de adequação destes saberes tradicionais inseridos em uma comunidade específica e, por intermédio de narradores específicos para esta função. Assim, observa-se como este segmento da literatura tem um caráter dinâmico e inovador e como estes narradores orais realizam um movimento de performance para explicitar seu objetivo e renovar sua memória (individual e coletiva).


Palavras-chave


Poética Oral; Movência; Memória; Performance

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428