Da tipologia aos parques gráficos: o cordel e a problemática do campo literário

Bruna Paiva de Lucena

Resumo


Pretende-se pensar a opção pela publicação do cordel em livros e a entrada de intelectuais na produção deste gênero como estratégia expressiva do mercado editorial para torná-lo “digerível” pelo campo literário brasileiro que começa a ter um novo ponto de vista sobre o cordel. Propõe-se também analisar as implicações da Coleção Biblioteca de Cordel da Editora Hedra e da presença de intelectuais, por meio do estudo de alguns membros da Sociedade dos Cordelistas Mauditos, na produção de cordel no contexto do campo literário da contemporaneidade. A partir dessa perspectiva, a pesquisa se encaminhará em direção à problemática da configuração da literatura de cordel no contexto do mercado editorial e do campo literário brasileiros.


Palavras-chave


literatura de cordel; mercado editorial; campo literário

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Boitatá
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428