Narrativas de um caçador de guardados nas missões sul-riograndenses

Flávio Leonel Abreu da Silveira

Resumo


O artigo em questão propõe uma reflexão sobre a memória coletiva no contexto sulriograndense, a partir das narrativas de um personagem fundamental na pesquisa etnográfica realizada na região das Missões, Seu Juca Tigre. Trata-se de um contador de causos que detém um rico conhecimento e um acervo de narrativas sobre a prática local de procurar tesouros enterrados, também denominada de “campear dinhero-oro”.


Palavras-chave


Memória coletiva; Narrativa; Tesouros

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, G. A Poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

BENJAMIN, W. O Narrador. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

CERTEAU, Michel. de. A Invenção do Cotidiano. Artes de fazer. V. I . Rio de Janeiro: Vozes, 1994.

CHARTIER, R. Cultura popular: revisitando um conceito historiográfico. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 8, n. 16, 1995, p.179-192.

FREYRE, G. Problemas Brasileiros de Antropologia. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio/MEC, 1973.

LEZAMA LIMA, J. A expressão americana. São Paulo: Brasiliense, 1988.

RICOEUR, P. Tempo e Narrativa. São Paulo: Papirus, Vols. I, 1994.

ROCHA, A. L. C. E.; ECKERT, C. Os jogos da memória. ILHA, Florianópolis: 2000. p. 71-84.

SANSOT, Pierre. Les formes sensibles de la vie sociale. Paris, PUF, 1986.

SILVA, B. O. Missões. Um vocabulário à parte. Assim se falava no campo e na cidade em São Borja nas décadas de 1940-1950. Porto Alegre, 2000.

SILVEIRA, F. L. A. As paisagens fantásticas e o barroquismo das imagens. Estudo da memória coletiva dos contadores de causos da região missioneira do Rio Grande do Sul. 2004. Tese (Doutorado em Antropologia Social) – UFRGS, Porto Alegre, 2004.

SILVEIRA, F. L. A. Da etnografia como experiência à antropologia histórica e por imagens. In: MARTINS, J. S.; ECKERT, C.; CAIUBY NOVAES, S. (org.). O imaginário e o poético nas Ciências Sociais. Bauru: EDUSC, 2005a. p. 255-269.

SILVEIRA, F. L. A. Assombros e desenterros de dinheiro nas paisagens missioneiras do Rio Grande do Sul. Habitus, Goiânia, v. 1, n. 3, p. 11-402, 005b.

TAUSSIG, M. Xamanismo, colonialismo e o homem selvagem. Um estudo sobre o terror e a cura. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1993.

ZUMTHOR, P. Introdução à Poesia Oral. São Paulo: Hucitec, 1997.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428