A mulher e o prazer na poesia erótica de Maria Teresa Horta

Andréia Nogueira Hernandes

Resumo


Dispõe-se, aqui, a observar de que maneira a voz feminina, na poesia erótica de Maria Teresa Horta, revela-se uma denúncia da ordem simbólica cultivada pelo patriarcado, na qual a própria linguagem figura como elemento desta coerção. Nos poemas “Joelho” e “Poema ao Desejo”, a voz feminina foi observada, bem como a busca das mulheres pelo prazer, ao lado do propósito da poetisa em atingir a fruição do texto, vinculada, sempre, à luta pelo direito das mulheres.


Palavras-chave


Poesia Erótica; Maria Teresa Horta; Voz Feminina

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Boitatá
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428