“O Rei dos Cantadores de Viola Nordestina”: sua história e sua glória

Maria Ivoneide da Silva

Resumo


Resgatar a memória do grande repentista Severino Lourenço da Silva Pinto, conhecido como: “Pinto do Monteiro”, através de sua obra, significa contribuir para a preservação da Literatura Popular do Nordeste, no gênero da cantoria de viola nordestina, na sua performance oral. O poeta-cantador Pinto do Monteiro foi um dos maiores representantes da arte do improviso, por isso merece figurar nos anais da poesia popular como o rei dos cantadores.


Palavras-chave


Cultura popular; Repentista; Memória; Performance oral

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, MariaAlice: PintodoMonteiro. Disponível em: http://www.secrel.com.br/jpoesia1pmont04.html

BATISTA,Francisco das Chagas. Cantadores e Poetas Populares. Ed. F.C. Batista Irmão, 1929.

BATISTA, Sebastião Nunes. Antologia da Literatura de Cordel. Natal: Fundação José Augusto, 1977.

BENJAMIN, Walter, Magia e Técnica. Tradução de Sérgio Paulo Romanet. 7.ed. SãoPaulo: Editora Brasiliense, 1994.

COUTINHO FILHO, Francisco. Violas e Repentes: repentes popular e sem prosa e verso, pesquisas folclóricas no Nordeste brasileiro. 2.ed. RiodeJaneiro/Brasília: Leitura/INL, 1972.

DANTAS, José de Souza: Cordel—Cantadores Repentistas e Poetas Populares. S.l.: Usina de Letras, 2003.

FOUCAULT, Michael. Genealogia e Poder In: FOUCAULT, Michael. Microfísicado Poder. Trad. E Org. Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 1979.

HAVELOK, Eric. A Equação oralidade-cultura escrita: uma fórmula para a mente moderna. In: OLSON, David R.;TORRANCE, Nancy (Org.). Cultura Escrita e Oralidade. Trad. Valter Lellis Siqueira. SãoPaulo: Ática,1995. P. 17-34.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boitatá
E-ISSN: 1980-4504
Universidade Estadual de Londrina
E-mail: boitata@uel.br
Telefone: (43) 33714428