Aspectos epidemiológicos de pacientes com diabetes mellitus em uma unidade básica de saúde na cidade de Chapecó- SC.

Mariana Smaniotto, Daniela da Silva Stakonski, Leticia Mick, Luciano Teston, Mônica Raquel Sbeghen

Resumo


Este estudo teve como objetivo avaliar dados quantitativos e qualitativos (frequência, aspectos físicos, sócio econômicos, educacionais, renda, cuidados alimentares e medicamentosos) em indivíduos com Diabetes Mellitus (DM) em uma Unidade Básica de Saúde (UBS). A pesquisa foi realizada com os dados dos indivíduos com DM que constam no sistema ‘’Win Saúde’’ no período de abril de 2013 a abril de 2014. Foram verificadas as complicações referentes ao DM tipo 1 (DM 1) e DM tipo 2 (DM 2) como obesidade, problemas cardíacos, vasculares e de visão, assim como os encaminhamentos dos pacientes para outros profissionais de saúde. A pesquisa demonstrou que a prevalência de DM naquela UBS é do tipo 2, e que ela acomete mais indivíduos do sexo feminino. Quanto aos problemas micro e macro vasculares que a DM 1 e DM 2 causam observou-se um maior encaminhamento para oftalmologistas, quanto aos cuidados medicamentosos cerca de 362 pacientes adquirem a medicação na própria UBS enquanto 16 pacientes não adquirem a medicação na UBS.


Palavras-chave


Diabetes mellitus; unidade básica de saúde; tratamento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Biosaúde
E-ISSN: 2525-555X
Email: biosaude@uel.br