Células dendríticas: mini-revisão.

Bruno José Conti, Karina Basso Santiago, José Maurício Sforcin

Resumo


Células dendríticas (DCs) se originam na medula óssea a partir de células-tronco hematopoiéticas pluripotentes e são uma das principais células apresentadoras de antígeno do sistema imune. Estas células foram descobertas como uma nova linhagem de células nos órgãos linfóides de camundongos, distinta dos macrófagos. Por possuírem tantas projeções do citoplasma, receberam o nome de células dendríticas (do grego “dendron”, que significa árvore). Embora DCs constituam apenas cerca de 1% de leucócitos mononucleares no sangue periférico, estas células estão localizadas em outros tecidos periféricos onde podem atuar como sentinelas do sistema imunológico, patrulhando antígenos continuamente e apresentando seus antígenos aos linfócitos T, desempenhando papel fundamental no elo entre as respostas imunes inata e adaptativa.

Palavras-chave


Células dendríticas; imunologia; sistema imune

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Biosaúde
E-ISSN: 2525-555X
Email: biosaude@uel.br