Ocorrência de Strongyloides stercoralis e demais enteroparasitos em indivíduos provenientes de municípios da região norte do Paraná.

Larissa Rodrigues Bosqui, Veronica Lopes Pereira, Bruno Bevenuto Lucas, Gabriela Alcantara Dalavedo, Naara C. Carvalho dos Santos, Agatha C. A. R. B. Freire, Nathaly C. O. Luis, Valter Abou Murad, Luiz Antonio Custódio, Ricardo S. Almeida, Ivete Conchon Costa, Wander Rogério Pavanelli, Idessania Nazareth Costa

Resumo


O objetivo deste trabalho foi realizar o levantamento retrospectivo de enteroparasitos em indivíduos provenientes do município de Rolândia-PR no período de janeiro de 2010 a abril de 2014 e de indivíduos pertencentes ao município de Ibiporã-PR, janeiro de 2010 a dezembro de 2013. O estudo retrospectivo foi realizado mediante análise dos prontuários onde foram considerados fatores como a presença de parasitos e casos de coinfecção pelos mesmos, ambos detectados por meio do método parasitológico de Lutz. Os dados foram analisados utilizando o pacote estatístico SPSS 20.0 com resultados em frequência absoluta e relativa. O teste QuiQuadrado foi aplicado para indicar se as prevalências eram diferentes, considerando uma probabilidade de acometimento igual para cada parasito com p<0,05. A análise no município de Rolândia demonstrou a presença de parasitos em 1397 (14,08%) prontuários dos 9.924 analisados. Nos prontuários positivos foram identificados 1600 (16,12%) parasitos, sendo que 146 (10,45%) indivíduos apresentavam-se bi ou poliparasitados. Apenas sete (0,44%) casos de infecção por S. stercoralis foram descritos. Em Ibiporã, dos 5.419 prontuários analisados, 939 (17,33%) apresentaram descrição de positividade para enteroparasitos. Dentre esses, foi identificada a ocorrência de 1144 (21,11%) parasitos sendo que 137 (14,59%) indivíduos encontravam-se coinfectados. Dos 939 parasitados, 103 (9%) foram positivos para S. stercoralis. Apesar dos dados para estrongiloidíase serem considerados subestimados, estes e demais dados da ocorrência de enteroparasitos observados neste trabalho, apresentaram-se 9 Biosaúde, Londrina, v. 16, n. 1, 2014 elevados demonstrado a importância de estudos regionais que revelem a situação epidemiológica para possibilitar medidas de implementações de ações de saúde e educação e evitar casos graves.

Palavras-chave


enteroparasitos; diagnóstico; epidemiologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Biosaúde
E-ISSN: 2525-555X
Email: biosaude@uel.br