Comentários do leitor

Olá esse é meu primeiro raconto, porém é verdadeiro e aconteceu a 2 semanas. Eu tenho 22 anos, 1,75 e sou gordinha. Moro no interior do Deus Santo. E hoje prosseguirei descrever a minha primeira vez com o motoboy. Vamos ao narrativa… Eu sempre peço lanc

por Darcy Nicholls (2020-11-16)


Opa esse é meu primeiro narrativa, porém é verdadeiro e aconteceu a 15 dias.
Eu tenho 22 anos, 1,75 e sou gordinha. Moro no interno do Anjo Santo. E hoje vou descrever a minha primeira vez com o motoboy. Vamos ao história…
Eu constantemente peço lanche em uma lanchonete aqui da cidade e continuamente era o mesmo motoboy, numa dessas entregas ele pegou o meu número e a gente começou a trocar mensagens, e após um tempo apareceu a oportunidade de nos encontrarmos porque o pessoal cá de moradia tinha saído e iriam chegar alguma coisa tarde.36893409353_41afc0c9bc.jpg
Nesse dia eu cheguei do serviço umas 21:30 e quando deu 22:00 ele apareceu aqui defronte do meu condomínio. Como minhas vizinhas fofoqueiras estavam do lado de fora eu não poderia chamar ele pra entrar… Logo ficamos conversando do lado de fora. Papo vai papo vem a gente começou a se tocar e eu percebi que este foi ficando excitado por causa do volume que começou a se formar em sua bermuda.

Como a gente estava na rua, defronte do meu condomínio ele deu a teoria da gente entrar e permanecer na parte escura que tem perto do abertura. Nisso entramos e eu que estava com um vestidinho e uma blusa de muito frio por cima e sem porta-seios, vivalocal aí começamos a nos oscular e ele começou a acariciar meu peito por cima do vestido, enquanto ele me beijava este ia apertando e puxando o ponta do meu peito, o tesão era tão grande que eu soltei um gemido e este percebendo que eu tinha gostado e ele também cheio de tesão colocou meu peito pra fora do vestido e começou a chupar ele ali mesmo no estacionamento do condomínio, do lado do portão. Ficamos ali por uns 20 minutos mais ou menos. Aí ele deu a ideia de irmos pra casa dele que era perto e como ele estava de moto a gente chegou lá rapidinho.

Na vivenda dele mal chegamos no quarto e ele me jogou na cama, levantou meu vestido até a cintura, puxou a minha calcinha e caiu de boca chupando a minha bocetinha carnuda, numa fome, numa vontade que eu só sabia lamuriar e nada mas… Ele começou a chupar e a inserir 2 dedos na minha bocetinha e eu gemendo de mais ficamos de forma por uns 10, minutos e eu não aguentava mas estava quase gozando, e este percebendo me colocou de 4 continuou chupando minha bocetinha e eu já entregue a este sem ter forças pra permanecer apoiada de 4 com ele me chupando e metendo muito e bastante forte aqueles 2 dedos na minha bocetinha apertada que gozei de esguicho que molhou a leito dele com o meu gozo intenso.

Este não alegre de ter me constituído gozar meteu aquela cacete grossa rápido e muito profundeza na minha bocetinha enquanto ele brincava com o dedo na porta do meu cuzinho maluco pra me comer lá também.
Trocamos de posição este me colocou deitada de barriga pra cima só que com a cabeça pra fora da cama e enquanto eu chupava este nesse posição ele ia me dedando a bucetinha tão rápido que quase me fez gozar denovo. Aí trocamos de posição mais uma vez este me puxou pra beirada da leito e começou a incluir aqueles dedos enormes na minha bocetinha já esfolada de tanto que este já tinha metido com força tanto aquele pau grosso tanto aqueles dedos maravilhosos. E enquanto este me dedava este se masturbava e foi para eu mais uma vez gozei alucinadamente molhando de novo a cama dele e este gozou junto comigo….2263980646_a08a8a8aba.jpg Nunca tinha gozado tão rápido assim e nessa intensidade também. Depois este me levou em moradia nos despedimos com um beijo pleno de quero mas… E eu estou louca pra controlar passar mas tempo c ele porque 30 minutos foram poucos demais.