Novas estratégias políticas no pós-1930: a prefeitura de Pedro Ernesto Baptista no Rio de Janeiro

Thiago Cavaliere Mourelle

Resumo


Esse artigo trata do projeto político inovador de Pedro Ernesto Baptista, inicialmente interventor e posteriormente primeiro prefeito eleito da cidade do Rio de Janeiro, então Distrito Federal. Ele foi o responsável pela criação da União Trabalhista do Distrito Federal, da Universidade do Distrito Federal, além de pioneiro na liberação dos cassinos e na oficialização do samba; tornou-se ainda o idealizador de importantes projetos, como por exemplo, a Escola dePolícia.Elefoiaospoucosaprofundandosuas relaçõescomostrabalhadoreseconquistouamplapopularidade,oquecausouodescontentamento de diversos grupos politicos. O grande opositor do Prefeito viria a ser o presidente da República e os homens do governo federal, que viam Pedro Ernesto como força política que crescia nacionalmente e que poderia se tornar um concorrente em potencial para Vargas.


Palavras-chave


Pedro Ernesto Baptista; Po-pulismo; Trabalhismo; União; Universidade do Distrito Federal; Rio de Janeiro; Brasil



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2010v3n5p439



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS