A Revista de História e a Constituição de um Campo para a História Acadêmica no Brasil (1950-1960)

Aryana Costa

Resumo


O objetivo deste artigo é investigar, por meio da Revista de História da USP fundada em 1950, a constituição de um campo para a história acadêmica no Brasil. Por meio da composição das edições na década de 1950, identificamos ainda um período de convivência entre profissionais vindos do IHGSP e da universidade nessa publicação, o que aponta para um regime de transição ainda entre uma história dita “tradicional” e uma nova história profissional no Brasil, mesmo na década de 1950. Da análise de elementos que acompanham os textos publicados por historiadores franceses e de alguns artigos publicados por professores como Eurípedes Simões de Paula, Eduardo d’Oliveira França e Astrogildo Rodrigues de Mello, também é possível analisar a periodização tradicional da relação estabelecida pela assim chamada escola uspiana de História com a Escola dos Annales.

Palavras-chave


Revista de história USP; Annales; IHGSP; Historiografia

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Fabrício. Folheando páginas, descobrindo histórias: a Revista de História e a difusão da historiografia dos Annales no Brasil (1950-1960). 2010. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2010.

ARAÚJO FILHO, José; SIMÃO, Aziz; FRANÇA, Eduardo. Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas: relatório sobre os professores francês, 1934-1987. In: CARDOSO, Luiz; MARTINIÈRE, Guy. BrasilFrança: vinte anos de cooperação (ciência e tecnologia). Brasília: Fundação Alexandre Gusmaõ, 1989. p. 21-30.

AUSTREGÉSILO, Myriam Ellis. Estudo sôbre alguns tipos de transporte no Brasil Colonial. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 495-516, 1950.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Lei nº 2.594, de 8 de Setembro de 1955. Dispõe sobre o desdobramento dos Cursos de Geografia e História nas Faculdades de Filosofia. Brasília: Câmara dos Deputados, 1955.

BRAUDEL, Fernand. Pedagogia da história. Revista de História, São Paulo, v. 6, n. 23, p. 3-21, jul./set. 1955.

BRAUDEL, Fernand. História e ciências sociais: a longa duração. Revista de História, São Paulo, v. 30, n. 62, p. 261-294, 1965a.

BRAUDEL, Fernand. História e sociologia. Revista de História, São Paulo, v. 30, n. 61, p. 11-31, 1965b.

BRAUDEL, Fernand. Lição inaugural da cadeira de história da civilização moderna do Colégio de França, pronunciada no dia 1º de dezembro de 1950. Revista de História, São Paulo, v. 31, n. 63, p. 3-22, 1965c.

BRAUDEL, Fernand. Lucien Febvre: 1878-1956. Revista de História, São Paulo, v. 13, n. 28, p. 409-411, 1956. Fatos e notas.

BRAUDEL, Fernando. A falência da paz: 1918-1939. Revista de História, São Paulo, v. 2, n. 6, p. 235-244, 1951.

CAMPOS, Pedro Moacyr. A idealização de Roma e a sua aceitação pelos Cristãos (I). Revista de História, São Paulo, v. 2, n. 6, p. 245-266, 1951b.

CAMPOS, Pedro Moacyr. A idealização de Roma e a sua aceitação pelos Cristãos (II). Revista de História, São Paulo, v. 3, n. 7, p. 15-47, 1951a.

CAMPOS, Pedro Moacyr. Considerações sobre o problema do ensino. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 103-108, 1950. Fatos e Notas.

CAMPOS, Pedro Moacyr. Esboço da historiografia brasileira nos séculos XIX e XX. Revista de História, São Paulo, v. 22, n. 45, p. 107-159, 1961.

CAPELATO, Maria Helena; GLÉZER, Raquel; FERLINI, Vera. Escola Uspiana de História. In.: Estudos Avançados, São Paulo, v. 8, n. 22, 1994. p. 349-358.

COSTA, João Cruz. L’Étrange Défaite. Revista de História, São Paulo, v. 2, n.5, p. 223-225, 1951.

ELLIS JÚNIOR, Alfredo. A queda do bandeirismo de apresamento. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 301-307, 1950a.

ELLIS JÚNIOR, Alfredo. Bandeiras e entradas. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 167-171, 1950b.

FEBVRE, Lucien. Caminhando para uma outra história. In.: FEBVRE, Lucien. Combates pela história. Lisboa: Ed. Presença, 1989.

FERREIRA, Antônio Celso. A epopeia bandeirante: letrados, instituições, invenção histórica (1870-1940). São Paulo: Ed. Unesp, 2002.

FRANÇA, Eduardo. Duas auspiciosas eleições. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 121-122, 1950.

FRANÇA, Eduardo. A teoria geral da história: considerações a propósito de um livro recente. Revista de História, São Paulo, n. 7, p. 111-141, 1951a.

FRANÇA, Eduardo. Considerações sobre a Função Cultural da História. Revista de História, São Paulo, n. 8, 1951b.

FRANÇA, Eduardo. Em tôrno de Luís XIV: considerações a propósito de um livro recente. Revista de História, São Paulo, n. 8, 1951c.

FRANÇA, Eduardo. O testamento de um historiador: Marc Bloch. Revista de História, São Paulo, n. 8, p. 433-442, 1951d.

FRANZINI, Fábio; GONTIJO, Rebeca. Memória e História da Historiografia no Brasil: a invenção de uma moderna tradição, anos 1940-1960. In: SOIHET, Rachel; ALMEIDA, Maria Regina Celestino de; AZEVEDO, Cecília; GONTIJO, Rebeca (org.). Mitos, projetos e práticas políticas: memória e historiografia. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. p. 141-160.

GENETTE, Gérard. Paratextos editoriais. Cotia: Ateliê Editorial, 2009.

Homenagem da Congregação à memória do Prof. Dr. Eurípedes Simões de Paula. Orador: Prof. Dr. Eduardo d’Oliveira França. 1977. Pasta 11, 19-PS, 130, 187. CAPH/FFLCH/USP.

ISOLDI, Francisco. As sociedades históricas na Itália. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 4, p. 547-550, 1950.

LAPA, José Roberto do Amaral. Historiografia brasileira contemporânea: a história em questão. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1981.

MATOS, Odilon Nogueira de. Sociedade de estudos históricos. Revista de História, São Paulo, v. 2, n. 5, p. 227-228, 1951.

MELLO E SOUZA, Antônio (org.). In Memoriam de Eurípedes Simões de Paula: artigos, depoimentos de colegas, alunos, funcionários e ex-companheiros de FEB: vida e obra. São Paulo, 1983.

MELLO, Astrogildo Rodrigues de. Contrabando e bandeirismo no segundo quartel do século XVII. Revista de História, São Paulo, v. 17, n. 36, p.341-352, 1958.

MELLO, Astrogildo Rodrigues de. Os estudos históricos no Brasil. Revista de História, São Paulo, v.2, n.6, p. 381-390, 1951.

PAULA, Eurípedes Simões. Como fomos recebidos em Portugal. Revista de História. São Paulo, n. 6, 1951.

PAULA, Eurípedes Simões. O nosso programa. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 1-2, 1950.

PAULA, Eurípedes Simões. [Notas]. In: BRAUDEL, Fernand. Moedas e civilizações: do ouro do Sudão à prata da américa. Revista de História, São Paulo, v. 6, n. 13, p. 67-83, 1953.

PAULA, Eurípedes Simões. As universidades medievais. Revista de História, São Paulo, v. 15, n. 31, p. 3-12, 1957a.

PAULA, Eurípedes Simões. Como fomos recebidos em França. Revista de História, São Paulo, v. 15, n. 32, p. 257-260, 1957b.

PAULA, Eurípedes Simões. Conferência. Revista de História, São Paulo, n. 10, v. 4, 1952.

PAULA, Eurípedes Simões. Conferência. Revista de História, São Paulo, v. 14, n. 30, 1957c.

PAULA, Eurípedes Simões. Lucien Febvre: 1878-1956. Revista de História, São Paulo, v. 13, n. 28, p. 411- 412, 1956. Fatos e notas.

PAULA, Eurípedes Simões. O prof. Émile Coornaert no Instituto de França. Revista de História, São Paulo, v. 18, n. 37, p. 255-256, 1959a. Notícia.

PAULA, Eurípdes Simões. O professor Jean Gage. Revista de História, São Paulo, v. 11, n. 24, p. 541, 1955a.

PAULA, Eurípedes Simões. A época de Dante (1265-1321). Revista de História, São Paulo, v. 33, n. 67, p. 3-19, 1966a.

PAULA, Eurípedes Simões. A marinha imperial e a unidade nacional. Revista de História, São Paulo, v. 32, n. 66, p. 289-307, 1966b.

PAULA, Eurípedes Simões. Alguns aspectos da economia medieval do ocidente. Revista de História, São Paulo, v. 29, n. 60, p. 275-290, 1964.

PAULA, Eurípedes Simões. Alguns aspectos das relações do ocidente com o extremo oriente durante a antiguidade e a idade média. Revista de História, São Paulo, v. 21, n. 43, p. 3-14, 1960.

PAULA, Eurípedes Simões. As origens remotas da Armênia. Revista de História, São Paulo, v.22, n. 46, p. 435-440, 1961a.

PAULA, Eurípedes Simões. Doutoramento do prof. Vitorino de Magalhães Godinho na Sorbonne. Revista de História, São Paulo: n. 39, p. 285-287, 1959b. Notícia.

PAULA, Eurípedes Simões. O Infante D. Henrique e as responsabilidades do desastre de Tânger. Revista de História, São Paulo, v. 23, n. 47, p. 141-147, 1961b.

PAULA, Eurípides Simões. A evolução urbana de São Paulo: explicação necessária. Revista de História, São Paulo, v. 10, n. 21/22, p. 53-54, 1955b.

PAULA, Eurípides Simões. A segunda fundação de São Paulo: da pequena cidade à grande metrópole de hoje. Revista de História, São Paulo, v.8, n. 17, p. 167-179, 1954.

REIS, Arthur Cézar Ferreira. A incorporação da Amazônia ao império. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 2, p. 173-193, 1950.

ROIZ, Diogo; SANTOS, Jonas. As transferências culturais na historiografia brasileira: leituras e apropriações do movimento dos Annales no Brasil. Jundiaí: Paco Editorial, 2012.

SOUZA, Thomaz Oscar Marcondes de. Ecos do IV Congresso de História Nacional: a expedição de 1501-1502 e Amerigo Vespucci. Réplica ao Prof. Damião Peres. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 391-410, 1950.

STELLA, Jorge Bertolaso. A morte de Pericle Ducati e a Etruscologia. Revista de História, São Paulo, v. 1, n. 3, p. 297-299, 1950.LAGE, Ana Cristina Pereira. Vale de lágrimas: mulheres recolhidas no sertão de Minas Gerais na segunda metade do século XVIII. Revista de História Regional, Ponta Grossa, v. 19, n. 2, p. 312-326, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2020v13n25p362

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS