Memórias ignoradas: uma narrativa do início de Maringá sob a ótica da habitação popular

Tatiane Boisa Garcia, Fabíola Castelo de Souza Cordovil

Resumo


A partir da construção histórica local, o presente artigo analisa o início de Maringá dando ênfase aos princípios norteadores e às ações estatais sobre a habitação popular durante a estruturação do território urbano. Buscou-se estabelecer, a partir da pesquisa historiográfica, um discurso que permeasse a trajetória das ações estatais, dos agentes envolvidos, dos discursos, dos conflitos, das orientações das legislações urbanísticas e os resultados no território urbano de Maringá de 1947 até 1964. Os princípios que nortearam o plano inicial de Jorge Macedo e, posteriormente, as ações do poder público municipal formalizaram uma gênese excludente na estrutura urbana, com iniciativas desconexas a uma política pública habitacional que apenas responderam às pressões imobiliárias e ao ideário de cidade bela, moderna e ausente de “mazelas”. A historiografia oficial do início de Maringá pouco expõe a realidade da população de baixa renda, entretanto, desde de sua origem, a cidade transbordava-se em problemas sociais e desenvolvia-se com a presença diversos núcleos precários e de extrema pobreza, sistematicamente ignorados pela história urbana.

Palavras-chave


História da habitação; História de Maringá; História urbana; Habitação popular; Favela

Texto completo:

PDF

Referências


ABRÃO, Janete. Pesquisa & história. Porto Alegre: EdiPUCRS, 2002.

ABREU, Mauricio de Almeida. Reconstruindo uma história esquecida: origem e expansão inicial das favelas do Rio de Janeiro. Revista Espaço e Debates, São Paulo, n. 37, p. 34-46, 1994.

ABUJAMRA, Wilson. A realidade sobre o problema favela. São Paulo: Bentivegna, 1967.

ALMEIDA, Messias Mendes. [Entrevista cedida a] Tatiane Boisa Garcia. Maringá, 2017. Gravação digital sonora.

ANDRADE, Carlos Roberto Monteiro; CORDOVIL, Fabíola Castelo de Souza. A cidade de Maringá, PR: o plano inicial e as “requalificações urbanas”. Scripta Nova: Revista Electrónica de Geografía y Ciencias Sociales, Barcelona, v. 12, n. 270, 2008. Disponível em: http://www.ub.edu/geocrit/sn/sn-270/sn-270-53.htm. Acesso em: 10 abr. 2017

BARBOSA, Leonardo Cassimiro. As redes técnicas sanitárias na estruturação do território: análise da cidade de Maringá-PR entre 1947-1980. 2016. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Carlos, 2016.

BONDUKI, Nabil. Origens da habitação social no Brasil: arquitetura moderna, lei do inquilinato e difusão da casa própria. São Paulo: Estação Liberdade, 1998.

BRASIL. Projeto Brasil Nunca Mais. Processo 489/69. Curitiba, 1969. Disponível em: http://bnmdigital.mpf.mp.br/DocReader/DocReader. aspx?bib=BIB_01&PagFis=117413&Pesq=bonif%C3%A1cio%20martins. Acesso em: 26 out. 2017

CANIATO, Angela Maria Pires. A luta pela moradia de ex-favelados como parte essencial do processo de formação da consciência social. 1986. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1986.

COHAPAR, Companhia de Habitação do Paraná. Plano Estadual de Habitação de interesse social do Paraná - PEHIS-PR. Parte 1. Paraná, 2012.

CORDOVIL, Fabíola Castelo de Souza. A aventura planejada: engenharia e urbanismo na construção de Maringá, PR, 1947 a 1982. 2010. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010.

CORRÊA, Roberto Lobato. O espaço urbano. 3. ed. São Paulo: Ática, 1995.

DENALDI, Rosana. Políticas de urbanização de favelas: evolução e impasses. 2003. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.

DIAS, Reginaldo Benedito. Da arte de votar e ser votado: as eleições municipais em Maringá. Maringá: Clichetec, 2008.

DIAS, Reginaldo Benedito. Maringá no nascimento da ditadura civil-militar de 1964: análise do processo movido contra o vereador Bonifácio Martins e seus desdobramentos. Antíteses, Londrina, v. 8, n. 15, p. 393-417, nov. 2015. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/ view/21162/17338. Acesso em: 20 out. 2017.

DIAS, Reginaldo Benedito. [Entrevista cedida a] Tatiane Boisa Garcia. Maringá, 2017. Gravação digital sonora.

DIAS, Reginaldo Benedito; GONÇALVES, José Henrique Rollo (Orgs.). Maringá e o Norte do Paraná: estudos de história regional. Maringá: Eduem, 1999.

ENGELS, Friedrich. A questão da habitação. Belo Horizonte: Aldeia Global, 1979.

GARCIA, Tatiane Boisa. A trajetória das ações estatais na habitação em Maringá de 1947 a 1986. 2018. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

GONÇALVES, José Henrique Rollo. Maringá: algumas facetas coloniais do projeto urbano. In: MACEDO, Oigres Leici Cordeiro; CORDOVIL, Fabíola Castelo de Souza; REGO, Renato Leão. Pensar Maringá: 60 anos de plano. Maringá: Massoni, 2007. p. 23-36.

LEAL, João Laércio Lopes. [Entrevista cedida a] Tatiane Boisa Garcia. Maringá, 2017. Gravação digital sonora.

LEMOS, Carlos. Os primeiros cortiços paulistanos. In: SAMPAIO, Maria Ruth Amaral de (coord.). Habitação e cidade. São Paulo: FAPESP, 1998. p. 9-38.

LUZ, France. O fenômeno urbano em uma zona pioneira: Maringá. Maringá: Prefeitura Municipal, 1997.

MARICATO, Ermínia. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Petrópolis: Vozes, 2001.

MARICATO, Ermínia. Habitação e cidade. São Paulo: Atual, 1997.

MARICATO, Ermínia. Metrópole na periferia do capitalismo: ilegalidade, desigualdade e violência. São Paulo: Hucitec, 1996.

MARINGÁ. Listagem de bairros aprovados até 2002. Maringá: [s. n.], 2002a.

MARINGÁ. Plano Diretor de Desenvolvimento de Maringá: diagnóstico e proposta. Maringá: Câmara Municipal, 1967.

MARINGÁ. Secretaria da Cultura. Gerência de Patrimônio Histórico. Memória dos bairros: Vila Operária. Maringá: [s. n.], 2002b.

MARINGÁ. Secretaria de Planejamento. Arquivos de aprovação de conjuntos habitacionais entre 1962 e 1967. Maringá, 2018.

MARINGÁ. Secretaria de Planejamento. Mapa do Município de Maringá. Maringá: Secretaria de Planejamento, 2015.

MAUTNER, Yvonne Miriam Martha. A periferia como fronteira para a expansão do capital. In: DEAK, Csaba; SCHIFFER, Sueli R. (org.). O processo de urbanização no Brasil. São Paulo: Edusp, 1999. p. 245-260.

MORO, Dalton A. Maringá espaço e tempo. In: MORO, Dalton Aureo (org.). Maringá espaço e tempo: ensaio de geografia urbana. Maringá: UEM, 2003. p. 49-87.

NEGRELOS, Eulalia Portela. A moderna habitação econômica como questão de estado na produção da capitalista da cidade: fases de expansão e redução dos componentes modernos da cidade e da habitação no Brasil - estado de São Paulo - no período 1930-1985.

URBANA: Revista Eletrônica do Centro Interdisciplinar de Estudos sobre a Cidade, Campinas, v. 5, n. 8, p. 599-625, jun. 2014.

NUNES, Layane Alves. Para além do plano de Jorge de Macedo Vieira: a expansão urbana de Maringá de 1945 a 1963. 2015. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de São Paulo, São Carlos, 2015.

O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ. Maringá, 27 maio 1977.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 7 abr. 1966a.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 27 maio 1966b.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 21 jul. 1966c.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 8 dez. 1966d.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 20 jun. 1967e.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 7 fev. 1969f.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 23 fev. 1969g.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 19 mar. 1969h.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 13 abr. 1969i.

O JORNAL DE MARINGÁ. Maringá, 30 maio 1969j.

PADIS, Pedro Calil. Formação de uma economia periférica: o caso do Paraná. São Paulo: Hucitec, 1981.

REGO, Renato Leão. O desenho urbano de Maringá e a ideia de cidade-jardim. Acta Scientiarium, Maringá, v. 23, n. 6, p. 1569-1577, 2001.

REIS, Osvaldo. Maringá e seus prefeitos, 1952-1996: um perfil das principais realizações de cada gestão. Maringá: Clichetec, 1996.

RODRIGUES, Ana Lúcia. A pobreza mora ao lado: segregação espacial na região metropolitana de Maringá. 2004. Tese (Doutorado em Ciência Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

SCHEFFER, Sandra Maria. O espaço urbano e a política habitacional: uma análise sobre Ponta Grossa. Emancipação, Ponta Grossa, v. 6, n. 1, p. 257-278, 2006.

SILVA, Helena Maria Menna Barreto. Terra e Moradia: Que papel para o município? Tese (Doutorado), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo: FAUUSP, 1998.

STEINKE, Rosana Zanete. Ruas curvas versus ruas retas: a trajetória do urbanista Jorge de Macedo Vieira. Maringá: Eduem, 2007.

TASCHNER, Suzana Pasternak. Favela e cortiços no Brasil: 20 anos de Pesquisa e Políticas. Caderno de Pesquisa do LAP, São Paulo, n. 18, 1997.

TOMAZI, Nelson Dacio. Certeza de lucro e direito de propriedade: o mito da Companhia de Terras Norte do Paraná. 1989. 254 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Assis, 1989.

VARGAS, Túlio. JP: o promotor de obras. Curitiba: [s. n.], 2003.

VIEIRA FILHO, João Paulino. [Entrevista cedida ao] Projeto Memória da Prefeitura de Maringá. Entrevistador: João Laércio L. Leal. Maringá: Prefeitura Municipal, 1993.

ZANIRATO, Silvia Helena. A fotografia de imprensa: modos de ler. In:

ZANIRATO, Silvia Helena; PELEGRINI, Sandra (org.). As dimensões da imagem: abordagens teóricas e metodológicas. Maringá: Eduem, 2005. p. 15-37.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2019v12n24p204

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS