A aproximação e a instalação dos aparatos de Controle do Poder Judiciário em Campo Mourão-PR.

Leandro Moreira da Luz, Bruno Flávio Lontra Fagundes

Resumo


O artigo apresenta, a partir de análises e reflexões, os cenários e contextos regulatórios nos quais estão inseridos os atores sociais presentes nos primeiros processos-crime de Campo Mourão, que datam entre os anos 1928 e 1949. Além dos acontecimentos constantes nestes autos, analisamos decisões regulamentares, leis, medidas administrativas e, também, literaturas acadêmicas referentes à ocupação do território neste período. O interesse em ler e analisar estas fontes se deu exatamente na expectativa de encontrar documentos que flagrassem os indivíduos sujeitos aos exames disciplinares pelos agentes do Poder Judiciário – homens e mulheres – agindo e descrevendo os sentidos de suas relações cotidianas em meio às políticas disciplinares e às possíveis tensões entre poderes e resistências.


Palavras-chave


História Moderna. Poder Judiciário. Controle. Disciplinação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2018v11n22p821

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS