Monterrey. Correo literario de Alfonso Reyes: a publicação do escritor-embaixador e suas convergências e dissonâncias em relação às diretrizes oficiais da secretaria de relações exteriores do México (1930-1937)

Natally Vieira Dias

Resumo


O artigo analisa os interesses políticos envolvidos na publicação do periódico Monterrey. Correo Literario de Alfonso Reyes, entre 1930 e 1937, em sua maior parte durante o período em que o escritor mexicano atuava como embaixador de seu país no Brasil. A proposta é ampliar a visão que normalmente tem sido apresentada do periódico, simplesmente como um projeto pessoal do escritor com fins literários. O argumento desenvolvido é o de que a publicação de Monterrey também comportou uma função política que se inseria em um projeto maior, de cunho oficial, de promoção internacional do México pós-revolucionário. A análise do periódico permite identificar a participação ativa do escritor-embaixador Alfonso Reyes nessa política diplomática, mas também alguns elementos de dissonância entre a sua atuação e as diretrizes oficiais da política externa mexicana no período.


Palavras-chave


México pós-revolucionário; diplomacia cultural; Monterrey; Alfonso Reyes

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2018v11n21p217

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS