Nietzsche e a Historiografia Prussiana: análise de fragmentos póstumos da Primeira Fase de sua obra

Celso Kraemer, Dominique Santos, Aniele Crescêncio

Resumo


RESUMO

 

Ao observar as relações de Nietzsche com seus contemporâneos verifica-se que ele estava ciente das principais discussões relativas à Unificação da Alemanha (1871). Para a unificação era necessário que os 39 estados alemães compartilhassem o sentimento de pertencimento a uma pátria comum. Nesse meandro, os historiadores prussianos do século XIX desempenharam papel fundamental ao produzir um ambiente filosófico nacionalista, uma maneira científica e objetiva de pensar sobre a história. O objetivo deste trabalho é compreender as interações de Nietzsche com estes círculos intelectuais. Para isto, foram selecionados quatro dos chamados fragmentos póstumos de Nietzsche datados entre 1871 e 1873. De acordo com o ponto de vista de Nietzsche, as pretensões dos historiadores, não tinham nenhuma crítica, pois acreditavam, ingenuamente, que a verdade era um alvo tangível. Por outro lado, ele indicou a necessidade de uma história ligada à cultura, que era trabalhada em conjunto com "instintos artísticos". 

 

ABSTRACT

 

By observing the relationship of Nietzsche with his contemporaries one can notice that he was aware of the main discussions related to the unification of Germany (1871). Unification required 39 German states to share the feeling of belonging to a common homeland. Prussian historians of the nineteenth century played a key role in producing such a nationalist philosophical environment, a scientific and objectivist way of thinking about History. This work aim is to understand the interactions between Nietzsche and this intelectual circles. For this purpose, four of the so-called posthumous Nietzsche fragments, dated between 1871 and 1873, were selected. According to Nietzsche's point of view, some historians had a naive pretension to reach the truth, as if it were a tangible target. On another hand, he pointed out the necessity of a link between History and Culture, which should be understood altogether with ‘artistic instincts’. 


Palavras-chave


Historicismo; Historiografia; Nietzsche; Prússia; Século XIX Historicism; Historiography; Nietzsche; Prussia; 19th century

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2017v10n20p979

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS