A reformulação da Doutrina de Segurança Nacional pela Escola Superior de Guerra no Brasil: a geopolítica de Golbery do Couto e Silva

Ananda Simões Fernandes

Resumo


A adaptação da Doutrina de Segurança Nacional, no Brasil, foi feita pela Escola Superior de Guerra, um dos centros de ensino militar de pensamento estratégico durante a década de 1950. À doutrina difundida pelos Estados Unidos e ensinada aos oficiais brasileiros na zona do Canal do Panamá foi adequada a noção de geopolítica estudada desde 1930 destacadamente entre a intelectualidade militar, assim como a ênfase em elementos mais pertinentes à realidade brasileira, como foi a maior importância dada à guerra revolucionária, difundida por franceses e ingleses, em relação à guerra total. Para essa reflexão, foram utilizados principalmente os manuais elaborados pela Escola Superior de Guerra, pois se constituem em importantes fontes sobre o desenvolvimento da Doutrina de Segurança Nacional no país, e Geopolítica do Brasil, do general Golbery do Couto e Silva, escrita em 1958, considerada a obra mais influente sobre a incorporação da geopolítica brasileira ao ideário da Guerra Fria e da segurança nacional.


Palavras-chave


Doutrina de Segurança Nacional; Brasil; Escola Superior de Guerra; Guerra revolucionária; Geopolítica; Golbery do Couto e Silva

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2009v2n4p831

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br