Juarez Távora e a organização do estado Brasileiro: racionalismo administrativo, sindicalismo-cooperativista e cristianismo social no pensamento militar pré-golpe de 1964

Luiz Felipe Cezar Mundim

Resumo


A Escola Superior de Guerra (ESG) no momento da sua criação, ao final da década de 1940, deu início à sua atividade de produção ideológica inserida em um campo cultural específico. A proposta teórico-administrativa de Juarez Távora, um dos principais membros e comandante da Escola nos anos de 1953 e 1954, contribuiu para a construção de um projeto de nação a ser apresentado pela ESG. Este artigo procura destacar da obra, e da trajetória política de Juarez Távora, alguns dos principais elementos dessa proposta, tais como a defesa da racionalização administrativa e as ideias de Sindicalismo-Cooperativista e Cristianismo Social.

Palavras-chave


Escola Superior de Guerra; Estado; Intelectuais; Doutrina de Segurança Nacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2015v8n16p327



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS