“Todo artista tem de ir aonde o povo está”. O movimento político das Diretas Já no Brasil ? 1983-1984

Vicente Saul Moreira dos Santos

Resumo


Inicialmente, este artigo tece comentários sobre a relação entre História do Tempo Presente e História Política, com objetivo de inserir o movimento político das Diretas Já, transcorrido no Brasil entre 1983 e 1984. O apoio à emenda Dante de Oliveira que propunha eleição direta para presidente ao sucessor do general João Batista Figueiredo tornou-se uma das principais manifestações políticas da história republicana brasileira. Partindo do pressuposto de ter sido um evento da conjuntura do final da ditadura militar, da luta por democracia e cidadania no país. As articulações políticas, a importância do retorno maciço da população como ator político, as manifestações em várias cidades e o papel da mídia foram elementos contemplados. Por fim, pretendem-se retomar questões acerca de memória e história de tal evento a partir da cobertura mídia impressa em 1994, dez anos após as manifestações que levaram milhões as ruas.

Palavras-chave


Regime Militar, Memória, Imprensa, Redemocratização, Diretas-Já

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2015v8n15espp294



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS