Os marinheiros nacionais e a ideia republicana: circulações, revolta e apropriações (anos 1910)

Sílvia Capanema P. de Almeida

Resumo


Neste artigo, discuto de que forma alguns valores e símbolos republicanos foram explorados pelos marinheiros nacionais nos anos 1910, sobretudo durante a revolta de novembro, conhecida como "revolta da chibata" e por atores que participaram dela. Nesse sentido, a viagem de um dos navios brasileiros em outubro do mesmo ano a Lisboa, testemunhando a Proclamação da República no país europeu, pode ter contribuído para a afirmação da ideia de República no meio dos marujos brasileiros, bem como outras referências e experiências estrangeiras. Essa apropriação da ideia republicana nesse meio popular e majoritariamente composto por negros, pardos e mestiços é reforçada pelos desdobramentos da noção de cidadania na época, pouco mais de duas décadas da abolição da escravidão no Brasil.

Palavras-chave


Marinheiros nacionais; República; Brasil; Portugal; Revolta 1910

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2014v7n13p47



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS