Visões do comandante Thomas Jefferson Page (U.S. Navy) sobre a América do Sul: cultura marítima e o discurso imperial na narrativa de viagem, “La Plata, The Argentine Confederation and Paraguay (1853 - 1860)”

Marília Arantes Silva Moreira

Resumo


O artigo propõe-se a acompanhar as visões, imagens e julgamentos, do comandante da U.S. Navy, Thomas Jefferson Page, sobre os países que ele visitou na América do Sul, expressos na narrativa de viagem “La Plata, The Argentine Confederation and Paraguay (1853-1860)”. Predominantemente, analisam-se as visões construidas por Page sobre o presidente do Paraguai, Carlos Antonio López e o presidente da Confederação Argentina, Justo José de Urquiza. Enquanto o comandante sulista, por um lado, recriminava López mediante protecionismo e proibição da navegação dos rios paraguaios, por outro, enaltecia o argentino Urquiza que facilitava a mesma operação em seus domínios. 


Palavras-chave


Estados Unidos. América do Sul. Viagens e viajantes. Cultura e política.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2014v7n13p277



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS