“Teatro Nacional”: a construção de uma ideia no século XIX

Raquel Barroso Silva

Resumo


O presente artigo pretende analisar a construção da ideia de “teatro nacional” forjada pelos homens de letras da Corte nas primeiras décadas imperiais e que foi usada como parâmetro para medir a qualidade e/ou originalidade das peças que ocupavam os palcos brasileiros nas décadas de 1870 a 1890. A finalidade é compreender os parâmetros utilizados pelos críticos do teatro ligeiro ou alegre, muito atuantes a partir da chegada do gênero no Brasil, que receberam a propagação do mesmo como a ruína do “teatro nacional”. Além de identificar um alargamento no significado do termo ao longo do tempo, foi possível perceber que os diferentes tipos de sujeitos envolvidos no mundo teatral do período se apropriaram do mesmo, dando a ele significados próprios.


Palavras-chave


Século XIX; Rio de Janeiro; Teatro nacional; Homens de letras

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n12p436



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS