Em nome de Deus, da democracia e da terra: representações anticomunistas na década de 1960 no Piauí

Marylu Alves de Oliveira

Resumo


O artigo se propõe a analisar as principais representações anticomunistas piauienses na década de 1960.  Verificamos a existência de três vertentes anticomunistas no estado: a religiosa, a do conservadorismo e uma ligada à questão da propriedade privada, que juntas podem ser compreendidas como os grandes segmentos representativos, onde encontramos os que lutaram mais veementemente contra o comunismo naquele momento. A partir dessas vertentes, apontamos para uma gama de representações anticomunistas, que foram construídas no Piauí, e que, de certa forma, ajudaram a significar a grande maioria dos acontecimentos políticos e sociais naquele estado nessa década.


Palavras-chave


Anticomunismo; Piauí; Década de 1960; Representações; Lutas de representações.

Texto completo:

Sem título () PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2008v1n2p373



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS