A historiografia isidoriana: teologia e política

Sergio Alberto Feldman

Resumo


Isidoro de Sevilha é um bispo visigodo da Antiguidade Tardia, autor de vasta obra exegética, teológica e também historiográfica. Este artigo visa a entender a função e o objetivo da obra historiográfica isidoriana, no contexto da evangelização da Península Ibérica e da busca de legitimação e fortalecimento da Monarquia católica, como aliada da Igreja. A escrita da história em Isidoro tem motivações diversas, sendo moldada a partir de interpretações teológicas e pretendendo gerar modelos comportamentais aos reis, aos nobres e clérigos, e aos demais setores sociais. O sentido pedagógico se sobressai, junto com a visão teleológica.

Palavras-chave


Isidoro de Sevilha; Historiografia; Modelo monárquico

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n11p214



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS