Escola e conhecimento de História e Geografia: uma disciplina acadêmica e a educação das sensibilidades.

Maria Carolina Bovério Galzerani

Resumo


Este texto tem como objetivo apresentar uma narrativa das experiências vividas na tessitura de uma disciplina obrigatória do Curso de Pedagogia/Unicamp, dedicada à formação inicial do professor para atuar nas áreas de história e geografia nas séries iniciais da educação básica. Para tal, o texto se encontra organizado em quatro pequenos movimentos reflexivos, de modo a rememorar toda uma longa trajetória de práticas docentes/discentes, cujo mote e desafio fundamentais têm sido como trabalhar as noções  de espaço, tempo, e de relações sociais, com crianças entre 07 a 10 anos de idade. O mote fundamental desta experiência educacional tem sido a construção de uma racionalidade estética, concebida como promotora de relações mais dinâmicas entre os sujeitos envolvidos – professor e estudantes-, na produção de saberes e de sensibilidades mais autônomos, associados às diferentes experiências socioculturais deste sujeitos.

 


Palavras-chave


Ensino de história e de geografia, educação das sensibilidades, formação de professores, saberes escolares nas séries iniciais, história das disciplinas acadêmicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n12p126



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS