Alguns debates intelectuais sobre política e cultura: o Colegio Libre de Estudios Superiores em Bahia Blanca, Argentina (1940 - 1955)

Juliana Lopez Pascual

Resumo


Em 1941, um grupo de intelectuais liberais criou o Colegio Libre de Estudios Superiores na cidade de Bahía Blanca, Argentina. Associada à entidade central em Buenos Aires, a instituição desenvolveu cursos e conferências sobre temas econômicos, literários e históricos. Os temas abordados nas palestras proferidas pelas personalidades convidadas entrelaçaram-se em torno de duas interpretações evidentes: que Bahía Blanca foi concebida como uma cidade central da região sul do país e como guia de seu desenvolvimento, e que a oposição ao fascismo e, mais tarde, ao peronismo conformou o perfil ideológico daqueles que participaram da instituição.

Palavras-chave


Intelectuais; Interpretações; Bahia Blanca; Antiperonismo; Colegio Libre de Estudios Superiores

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1984-3356.2013v6n11p236



Antíteses
Londrina/PR - Brasil
ISSN: 1984-3356

antiteses@uel.br

CNPQ PPG-HS DORA OJS