Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista Antíteses é um periódico semestral eletrônico on-line em Open Access, no sistema ahead of print e volume fechado, do Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Estadual de Londrina. Publica, após processo de avaliação entre pares, contribuições multidisciplinares inéditas a partir da perspectiva histórica, nos idiomas português, espanhol e inglês.
ISSN: 1984-3356
A revista conta com:
a - Editor, com mandato de 2 (dois) anos, escolhido entre os membros do PPGHS-UEL;
b - Editores adjuntos, específicos de seção ou coleção, escolhidos entre professores da UEL;
c - Conselho consultivo externo, composto por pesquisadores vinculados a variadas universidades e centros de pesquisa nacionais e internacionais;
d - Coordenadores de Dossiê.
Além dos membros indicados acima, cada número conta com pareceristas ad hoc, todos com títulos de doutor.
 
A revista receberá artigos originais (inéditos) para as seguintes seções:
- Artigos de dossiê com data de entrega: Os dossiês serão organizados obrigatoriamente por dois doutores, sendo que ao menos um deles deve ser vinculado a uma instituição de pesquisa e/ou ensino estrangeira. Cabe aos organizadores, junto ao Comitê Editorial, coordenar a avaliação e o processo de edição dos artigos que compõem o dossiê. Os dossiês serão compostos por um número entre 5 e 8 artigos, todos de autoria exclusivamente de doutores.
 
- Artigos de fluxo contínuo: A revista recebe durante todo o ano artigos de temáticas diversas relacionadas ao escopo. Todos os artigos deverão ser escritos exclusivamente por doutores.
 
- Sociedades científicas: O Comitê Editorial convida sociedades científicas ou grupos de pesquisa, nacionais e estrangeiros, para que organizem uma seção de artigos que se relacionem às atividades do grupo. Em cada número serão publicados de 4 a 6 artigos de doutores nesta seção. Assim como os textos das demais seções, aqueles enviados para essa seção passam por avaliação duplo-cega.
 
- Entrevistas: A revista publica, esporadicamente, entrevistas realizadas com personalidades e/ou acadêmicos com produção relevante. As entrevistas serão avaliadas pelo Comitê Editorial.
 
- Primeiros Passos: A revista seleciona até 4 artigos por número de alunos de mestres ou doutorando em História.
 
- Resenhas: Poderão ser feitas sobre livros nacionais, com até 2 anos de edição, e livros estrangeiros, com até 3 anos de edição.
 
- Traduções: Em caso de interesse acadêmico, a revista publicará traduções. 
 
A revista poderá incluir coleções ou números especiais, sempre que observando as mesmas normas editoriais.
O tempo de tramitação das colaborações remetidas para publicação será de até 6 (seis) meses para emissão de parecer aos autores e de até 6 (seis) meses para sua publicação, em caso de aceite.
Uma vez editado, o texto será enviado ao autor para a sua aprovação final e publicação.
Os professores do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História Social da UEL poderão apresentar colaborações em até 25% dos trabalhos por número e o autor ficará impedido de participar novamente nessa condição por dois anos.
Serão procuradas fontes de financiamento permanente e parcerias ocasionais.
A revista procurará seguir todas as recomendações da CAPES para publicações acadêmicas.

 

Políticas de Seção

Palavras do Coordenador

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Editorial

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

In Memoriam

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Autor Convidado

Editores
  • Zueleide Casagrande de Paula
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiê

Os dossiês serão organizados obrigatoriamente por dois doutores, sendo que ao menos um deles deve ser vinculado a uma instituição de pesquisa e/ou ensino estrangeira. Cabe aos organizadores, junto ao Comitê Editorial, coordenar a avaliação e o processo de edição dos artigos que compõem o dossiê. Os dossiês serão compostos por um número entre 5 e 8 artigos, todos de autoria exclusivamente de doutores.

Editores
  • Claudia Martinez
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos

A revista recebe durante todo o ano artigos de temáticas diversas relacionadas ao escopo. Todos os artigos deverão ser escritos exclusivamente por doutores.

Editores
  • Claudio Denipoti
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Primeiros Passos

A revista seleciona até 4 artigos por número de alunos de mestres ou doutorando em História.

Editores
  • Lukas Grzybowski
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Análises Bibliográficas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Poderão ser feitas sobre livros nacionais, com até 2 anos de edição, e livros estrangeiros, com até 3 anos de edição.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas de Eventos

Não verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Em caso de interesse acadêmico, a revista publicará traduções.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resumos de Teses

Verificado Submissões abertas Não verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Sociedades cientificas

O Comitê Editorial convida sociedades científicas ou grupos de pesquisa, nacionais e estrangeiros, para que organizem uma seção de artigos que se relacionem às atividades do grupo. Em cada número serão publicados de 4 a 6 artigos de doutores nesta seção.

Editores
  • Carolina Aguiar
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

A Revista segue o processo "double blind peer review". Os artigos serão enviados a um mínimo de 2 (dois) pareceristas ad hoc externos ao comitê editorial. Ao submeter um texto, os autores devem preencher um formulário indicando possíveis avaliadores com os quais poderiam ter conflitos de interesse.

Para a seleção dos avaliadores, os editores utilizam como um dos critérios a diversidade institucional entre autor e avaliador. Ao aceitar avaliar o artigo, cada parecerista preenche uma declaração de que não possui conflito de interesse, o que inclui o desconhecimento da autoria do texto. Antes de enviar o artigo, os editores de seção verificam se o reconhecimento de autoria foi retirado do artigo e das propriedades do documento. Os pesquisadores escolhidos para a avaliação, como especialistas na área da pesquisa, têm autonomia para decidir sobre o mérito, indicando ou não a publicação por meio do preenchimento de um formulário de avaliação. Este formulário contém as opções aprovado, aprovado com modificações (que deverão ser indicadas e justificadas) e reprovado. Em caso de avaliações discordantes, o artigo será enviado a um terceiro avaliador com características similares às dos anteriores, que emitirá a decisão definitiva. Cada parecerista poderá fazer apenas uma avaliação por número.

Todo o trâmite de avaliação é realizado via sistema para que as distintas etapas fiquem registradas.

 

Periodicidade

A revista Antíteses é uma publicação semestral. A cada ano, são publicados dois números que compõem o mesmo volume.

 

Política de Acesso Livre

A Revista Antíteses é signatária da "Declaração de São Francisco sobre Avaliação da Pesquisa" (DORA). https://sfdora.org/

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, sem custo para o autor ou leitor, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Normalização

Biblioteca Central

Bibliotecária responsável:

Neide Maria Jardinete Zaninelli - CRB9/884
Bibliotecária do Sistema de Bibliotecas da UEL
Divisão de Referência.

 

Indexadores

Indexada em:

BASE (Alemanha)

Crossref (Reino Unido)

Diadorim (Brasil)

Dialnet (Espanha)

DOAJ (Suécia)

Emerging Sources Citation Index 

EZB (Alemanha)

Google Scholar (Estados Unidos)

Keepers (Reino Unido)

Latindex 2.0 (México)

RCAAP (Portugal)

ROAD (Unesco)

Sumários de Revistas Brasileiras (Brasil)

WorldCat (Estados Unidos)

 

Preservada digitalmente

 

Direitos autorais

Os artigos encontram-se registrados e protegidos autoralmente pela Scientific Commons e pela Creative Commons, eles podem ser citados, reproduzidos, total ou parcialmente, e postados para usos acadêmicos, sempre que se outorguem os devidos créditos autorais e não se deturpe o seu conteúdo.

 
Esta obra está licenciada com uma licença Creative Commons Atribuição-Não comercial 4.0 Internacional.

 

 

Plágio

Plágio acadêmico/ Code of Conduc and Best Practice Guidelines for Journal Editors Committee on Publication Ethics (COPE)/ Responsabilidade dos autores. Copiar um estudo ou parte dele, de outro autor ou mesmo de publicação própria, constitui-se em fraude inaceitável e desonestidade. ideias e palavras de outros(s), não devem ser utilizadas a indicação da fonte da informação.

A originalidade dos artigos é, primeiramente, avaliada pelos pareceristas. O Comitê Editorial utiliza também o sofware CopySpider para a verificação de plágio.


 

Preceitos éticos

Cópia do documento de aprovação por um comitê de ética de pesquisa deverá ser anexada como documento suplementar no processo de submissão.

Os preceitos éticos da pesquisa que envolve seres humanos ou de experimentação animal deverão ser respeitados. A publicação de artigos que trazem resultados de pesquisas envolvendo seres humanos está condicionada ao cumprimento dos princípios éticos contidos na Declaração de Helsinki (1964, reformulada em 1975, 1983, 1989, 1996, 2000 e 2008), da Associação Médica Mundial. Deverá ser observado o atendimento à legislação específicas do país que a pesquisa foi realizada.