Religião e Poder: a romanização no sul/sudoeste de Minas Gerais-MG

Jhonatan Silva Corrêa

Resumo


O presente estudo tem a intenção de discutir a manifestação do catolicismo popular e do catolicismo oficial no Sul/Sudoeste de Minas Gerais e suas relações conflituosas. Para isso, duas das maiores festividades populares existentes na região foram e estão sendo analisadas sendo elas: a Festa de Nossa Senhora do Rosário em Silvianópolis-MG com 239 anos e a Festa de São Benedito em Machado-MG 105 anos. Através dessa questão há uma discussão de como o espaço é transformado constituindo territórios, territorialidades e cenários de muita resistência cultural popular perante uma instituição milenar. Afinal, a quem pertence o sagrado? Para a constituição do artigo foram necessárias revisões historiográficas sobre as festividades, trabalhos de campo, revisões conceituais e entrevistas com o intuito de entender a dinâmica do conflito e sua estruturação territorial.

 

 


Palavras-chave


Sagrado; Conflito; Território.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, H. O que é política? [editora, Ursula Ludz]; tradução Reinaldo Guarany. – 7° ed. – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

CASTRO, I, E. O Espaço Político: limites e possibilidades do conceito. In: CASTRO, E, C; GOMES, P, C, C; CORRÊA, R, L (org). Olhares Geográficos: modos de ver e viver o espaço. – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

DARDEL, E. O Homem e a Terra: natureza da realidade geográfica. tradução Werther Holzer. – São Paulo: Perspectiva, 2015.

DOMINGUES, A, S. Cultura e Identidade: Festa da igreja para os padres e a Festa de Nossa Senhora do Rosário para as pessoas do Cativeiro. Anais do XXVI Simpósio de História – ANPUH. São Paulo, julho de 2011.

_______________. Cultura e Memoria: a Festa de Nossa Senhora do Rosário na cidade de Silvianópolis-MG. São Paulo: Puc-SP, 2007. 134. Tese de Doutorado – História Social. PUC-SP, 2007.

_______________. Cultura e Memória a Festa de Nossa Senhora do Rosário na cidade de Silvianópolis-MG. Pouso Alegre. Univás, 2017.

ELIADE, M. O sagrado e o profano. A essência das religiões. Edições livros do Brasil. Lisboa, 1962

CALDAS, W. Cultura. – 5°edição – Ed. Global. São Paulo, 2008. – (Coleção para entender).

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. Organização, introdução e revisão técnica de Roberto Machado. – 6° ed. – Rio de Janeiro/ São Paulo: Paz e Terra, 2017.

FREYRE, G. Casa-grande & Senzala. Ilustrações Cícero Dias e Antonio Montenegro – 39ºed – Rio de Janeiro: Record 2000.

GONÇALVES, C, C; REIS, M, S. A Festa de São Benedito Em Machado. Machado – MG. 1979.

IBGE – Instituto de Geografia e Estatística. Cidades. [on line]. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/. Acesso em: 10 de fevereiro de 2019. 2017.

LEERS, B. Catolicismo Popular e Mundo Rural. Editora Vozes Ltda. Petrópolis-RJ, 1977.

LIMA, M. Uso da Entrevista na Pesquisa Empírica. In: ABDAL, A, Et al. Métodos de Pesquisa Sociais: Bloco Qualitativo. Sesc São Paulo/ CEBRAP. São Paulo 2016.

LUCHIARI, M, T, D, P. A (Re)Significação da Paisagem no Período Contemporâneo/ In: ZENY, R. CORRÊA, R, L. (org). Paisagem, Imaginário e Espaço.– Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001. 228 p.

RAFFESTIN, C. Por Uma Geografia do Poder. Ed. Ática S.A, 1993.

REBELLO, R, M. Machado até a virada do milênio. - Machado – MG. Tomo II: 170-193. 2006.

RIBEIRO, D. O Povo Brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. – 3. Ed. – São Paulo: Global, 2015.

RIBEIRO, E, S. Igreja Católica e Modernidade no Maranhão 1889-1922. Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em História, da Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2003.

ROSENDAHL, Z; Corrêa, R, L. Espaço e religião: uma abordagem geográfica. - 2° edição – Ed Uerj, Rio de Janeiro 2002.

ROSENDAHL, Z. História, Teoria e Método em geografia da Religião. Espaço e Cultura, UERJ, RJ, N. 31, p. 24-39, JAN./ JUN DE 2012 (b).

ROSENDAHL, Z; CORRÊA, R, L. Manifestações da Cultura no Espaço. Ed. Uerj, 1999.

ROSENDAHL, Z. Primeiro a Devoção, depois a obrigação: estratégias espaciais da Igreja Católica no Brasil de 1500 a 2005. – Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012.

ROSENDAHL, Z. Território e Territorialidade: uma proposta geográfica para o estudo da religião. In: CORRÊA, R, L; ROSENDAHL, Z. (org). Geografia Cultural: uma antologia, volume II. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013.

OLIVEIRA, M, A. Catolicismo Popular e a Igreja Romana. São Paulo. Fonte editora, 2016.

SAQUET, M, A. Por uma Abordagem Territorial. In: SAQUET, M, L. SPOSITO, E, S. (org). Territórios e Territorialidades: teorias, processos e conflitos. 2.Ed.. – Rio de Janeiro: Consequência Editora, 2015.

SILVA, J, V. Origem da Festa de São Benedito está Ligada à História do Povo Negro. In: Revista Imagem e Conteúdo – Sul de Minas. Centenário da Festa de São Benedito. Machado-MG, 2014.

SODRÉ, N, W. Síntese da História da Cultura Brasileira. São Paulo: Difusão Editorial S.A, 1985.

SOUZA, M, L. Os Conceitos Fundamentais da pesquisa Sócio-espacial. – 2° ed. – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015

SOUZA, M, J. Reinado e Poder no Sul das Minas Gerais. – Belo Horizonte: Mazza Edições, 2015(b).

TUAN, Y. Espaço e Lugar: A perspectiva a experiência. Tradução: Lívia de Oliveira. – Londrina: Eduel, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com