Conflitos Territoriais Fronteiriços no século XIX: Contribuições para a formação de Minas Gerais

Rafaela Santos Costa de Figueiredo

Resumo


A história da formação do território brasileiro é cercada por conflitos pautados na luta pelo território, afim de delimitar e expandir fronteiras. Minas foi cenário de conflitos territoriais ao longo do século XIX, pois, tratava-se de uma região estratégica, com saídas para São Paulo, Rio de Janeiro, onde a família real encontrava-se instalada e o Espírito Santo e seus afluentes das águas do Rio Doce. A partir desse contexto, o presente escrito apresentará alguns conflitos territoriais fronteiriços importantes para a formação dos limites do atual estado mineiro. Com isso, torna-se o objetivo geral analisar conflitos territoriais que influenciaram na formação do estado de Minas Gerais no século XIX, pautando-se em alguns objetivos específicos: identificar e descrever os conflitos territoriais em Minas Gerais; contextualizar a economia da época. Os conflitos serão descritos independentemente de sua importância política. Os elementos metodológicos que pautam o artigo basicamente se resumem na análise de artigos geográficos; históricos pertinentes ao tema, afim de descrever melhor o contexto territorial dos oitocentos, além de consultas a textos na Revista do IHGB[1]. Trata-se de uma pesquisa com enfoque teórico-bibliográfico, afim de contextualizar períodos e acontecimentos da época destacando alguns conflitos que contribuíram para a formação do estado mineiro atual.


[1] Instituto Histórico Geográfico Brasileiro


Texto completo:

PDF

Referências


CASTILHO, Fábio. F. A. Economia Sul-Mineira: O Abastecimento Interno e a Expansão Cafeeira (1870-1920). Revista de História Econômica & Economia Regional Aplicada – V.4 Nª 6 Jan-Jun. 2009.

CASTRO, Pérola. M.G. O Território Do Poder: Separatismo, Relações De Fronteira E Clivagens Regionais No Sul De Minas Gerais, Séculos XVIII e XIX. III Simpósio ILB - Itinerários da Pesquisa Histórica: métodos, fontes e caminhos temáticos. Anais... Mariana: DEHIS/UFOP, 2010.

CINTRA, A. A questão de limites entre São Paulo e Minas. São Paulo: Typografia Paulista, 1935.

CUNHA, Alexandre. M. Espaço, paisagem e população: dinâmicas espaciais e movimentos da população na leitura das vilas do ouro em Minas Gerais ao começo do século XIX . Rev. Bras. Hist. vol.27 no.53 São Paulo Jan./June 2007

ESPINDOLA, Haruf. S. Território e Geopolítica nas Minas Gerais no Século XIX. Belo Horizonte, v. 11, n. 16, p. 71-88, jan./jun. 2009

MORAES, Antônio. C.R. Território e História no Brasil. 3ªed. São Paulo: Annablume, 2008.

PASCOAL, Isaías. Economia e Trabalho no Sul de Minas no Século XIX. Economia e Sociedade, Campinas, v. 16, n. 2 (30), p. 259-287, ago. 2007.

SILVA, Edna. M.F. Território, Conflito e Acomodação na Demarcação Dos Limites Entre Minas Gerais E São Paulo - 1790-1820. XXVIII Simpósio Nacional de História. Anais... Florianópolis-SC 2015

SOUZA, Marcelo. L. “Território” da divergência (e da confusão): Em torno das imprecisas fronteiras de um conceito fundamental. p. 53-90. In: Território e Territorialidades: Teorias, Processos e Conflitos. Orgs: SAQUET, Marcos. A.; SPOSITO, Eliseu. S. 2ªEd. Rio de Janeiro: Consequência. 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com
logo Diadorim