O CONTESTADO: AS MARCAS DA GUERRA E DO PROCESSO DE VIOLÊNCIA

Silas Rafael da Fonseca, Diane Daniela Gemelli

Resumo


A construção do Território Contestado é marcada pela guerra e pelo processo de violência contra a população cabocla que vivia e vive na região, de modo, que o Contestado é resultado das marcas geográficas desse processo, que continua após a guerra, por meio da opção econômica baseada, num primeiro momento, na extração da madeira nativa, seguida da implantação da monocultura do pinus. Em nossa leitura, a opção mercadológica pela madeira sustenta-se na concentração de terras, e na expulsão de caboclos e caboclas de seus territórios, condição que se reflete na pobreza em que vive parte considerável da população do Contestado, que ainda hoje, sofre com o não acesso à terra, educação, saúde e emprego. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com
logo Diadorim