A Geografia, o desenvolvimento regional e o turismo na Ilha das Canárias, estado do Maranhão - MA - Brasil

Anderson Fontenele Vieira, Simone Cristina Putrick, Mauro José Ferreira Cury

Resumo


O artigo analisa a geografia relacionada ao desenvolvimento territorial com a atividade turística na Ilha das Canárias – MA, Brasil, localizada na Rota das Emoções. Destaca à compreensão da opinião dos sujeitos da pesquisa, moradores locais e trade turístico, quanto à atividade em questão. Os dados para corroboração do estudo foram coletados mediante pesquisa de campo, levantamento bibliográfico e documental, utilizando-se de dois modelos distintos de questionários, por uma abordagem quanti-qualitativa. Com a pesquisa de campo identificou-se o perfil socioeconômico dos atores envolvidos no turismo. Posteriormente, se destacou esta atividade como vetor de desenvolvimento, com a possibilidade da prática do turismo de base comunitária como segmento potencial a ser trabalhado na localidade. Portanto, infere-se que o Povoado das Canárias possui um elevado potencial turístico e que essa atividade é significativamente presente perante a ótica local. Estima-se que esta pesquisa, possibilite a integração entre as esferas pública e privada, juntamente com a comunidade local na elaboração de políticas que fomentem o desenvolvimento regional, com a inserção do turismo.


Palavras-chave


Geografia; Desenvolvimento Regional; Povoado das Canárias - MA

Texto completo:

PDF

Referências


BUSS, Paulo Marchiori. (Org.), Desenvolvimento Local. Cadernos da Oficina Social 3. Oficina Social, Rio de Janeiro. 2000.

CAVALCANTI, Agostinho Paula Brito. Sustentabilidade Ambiental: Perspectivas atuais de desenvolvimento. UFPI, Teresina. 2003.

FEYDIT, Lina M. D. e COSTA, Monica. M. O. Perfil socioeconômico, demográfico e ambiental da Ilha de Canárias: Reserva Extrativista Marinha Delta do Parnaíba. Documento Técnico. Araióses. 2006,

Gil, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4ª ed. Atlas, São Paulo. 2002.

JAPIASSÚ, Hilton e MARCONDES, Danilo. Dicionário básico de filosofia. 4ª ed. Zahar. Rio de Janeiro. 2006.

MATTOS, Flávia Ferreira. e IRVING, Marta Azevedo. Delta do Parnaíba nos rumos do ecoturismo: Um olhar a partir da comunidade local. Caderno Virtual de Turismo, v. 3, n. 4, UFRJ. Rio de Janeiro. 2003.

MIELKE, Eduardo Jorge Costa. Desenvolvimento turístico de base comunitária: Uma abordagem prática e sustentável. Alínea, São Paulo. 2009.

RIBEIRO, Guido. Turismo de base comunitária. Revista Global Tourism. V. 4 - Nº. 2. UERJ. Teresópolis. 2008,

SAMPAIO, Carlos Alberto Cioce; ZECHNER, Talita C. e HENRÍQUEZ, Christian. 2008. “Pensando o conceito de turismo comunitário a partir de experiências brasileiras, chilenas e costarriquenha”. In: II Seminário Internacional de Turismo Sustentável (SITS). Fortaleza (CE). Anais, Fortaleza. 2008.

SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. Companhia das letras, São Paulo. 2000.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 23. Ed. Cortez, São Paulo. 2007.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com