Buenos Aires: uma breve abordagem acerca de sua organização espacial

Douglas Vitto, Guilherme Pereira Cocato

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo realizar uma prévia abordagem em um resgate histórico da formação da cidade de Buenos Aires-Argentina, e sua região metropolitana, do período conhecido como Belle Époque, para busca da compreensão da atual dinâmica estrutural dessa metrópole em sua dimensão política, cultural e econômica. Abordando alguns pontos que envolvem questões territoriais, regionais, ocupação populacional, segregação/contrastes, entre outros. Lembrando que a abordagem a ser realizada aqui tem um caráter prévio, numa tentativa de compreensão da cidade estudada, considerando que as questões que envolvem uma metrópole são muito mais complexas e dinâmicas, pois englobam uma série de fatores e agentes passados e recentes para explicar a atual configuração. Portanto o desenvolvimento deste trabalho faz ligações entre momentos passados (Belle Époque) e atuais para possíveis compreensões e instigação de dúvidas acerca de algumas questões, como por exemplo, acerca do verídico processo de ocupação/deslocamento populacional nesta metrópole sul-americana; mas ressalta-se que não pretende formar conclusões, mas, sim, considerações.


Palavras-chave


Buenos Aires; Região Metropolitana; Território

Texto completo:

PDF

Referências


ARRAIS, Tadeu Alencar. Geografia contemporânea de Goiás. Goiânia: Vieira, 2004.

CEDOM. Ciudad de Buenos Aires. Disponível em:

CRAVINO, Maria Cristina; DEL RÍO, Juan Pablo; DUARTE, Juan Ignacio. Magnitud y crecimiento de las villas y asentamientos en el Área Metropolitana de Buenos Aires en los últimos 25 años. Disponível em:

DEARO, Guilherme. As cidades com mais qualidade de vida no mundo. 2014. Disponível em:

DEIS. Estadisticas Vitales - Informacion Basica Año 2008. Diciembre de 2009. Ministerio de Salud de La Nacion, Secretaria De Politicas, Regulacion e Institutos, Direccion de Estadisticas e Informacion ee Salud. Disponível em:

DEMOGRAPHIA. Demographia World Urban Areas (Built-Up Urban Areas or World Agglomerations). 10th annual edition, revised at may 2014. Disponível em:

HAESBAERT, Rogério. Identidades Territoriais. In: Zeny Rosendahl, Roberto Lobato Corrêa. Manifestações da cultura no espaço. Rio de Janeiro: Editora UERJ, 1999.

INDEC. ¿Qué es el Gran Buenos Aires? Buenos Aires, agosto 2003. Disponível em:

INDEC. Censo 2010. Resultados provisionales: cuadros y gráficos. INDEC. Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas 2010. Disponível em:

INDEC. Cuadro P1-P. Ciudad Autónoma de Buenos Aires. Población total y variación intercensal absoluta y relativa por comuna. Años 2001-2010. INDEC. Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas 2001 y 2010. Disponível em:

INDEC. Cuadro P2-P. Provincia de Buenos Aires, 24 partidos del Gran Buenos Aires. Población total por sexo e índice de masculinidad, según edad en años simples y grupos quinquenales de edad. Año 2010. INDEC. Censo Nacional de Población, Hogares y Viviendas 2010. Disponível em:

LANACION. La cuenca Matanza-Riachuelo, entre los 10 lugares más contaminados del mundo. 2013. Disponível em:

LENZ, Maria Heloisa. A Buenos Aires do final do século XIX: A metrópole da Belle Époque Argentina.Vol. 9, Ano IX, nº1.

MARTINS, Ricardo Cesar. Estrutura dos transportes nos países do mercado comum do cone sul. Disponível em:

MEDRANO, Ricardo Hernán. Comparação de alguns elementos do traçado urbano nas cidades de São Paulo e Buenos Aires, na virada do século XIX para o XX. Cadernos de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, v.6, n.1, p.1-26, 2006.

MOREIRA, Ruy. Da região à rede e ao lugar: a nova realidade e o novo olhar geográfico sobre o mundo. Etc., Espaço, Tempo e Crítica: Revista Eletrônica de Ciências Humanas e Sociais e outras coisas, n. 1, v. 3, jun. 2007.

MORSE, Richard. O Desenvolvimento Urbano da América Espanhola Colonial. In: BETHELL, Leslie. América Latina Colonial. HAL. EDUSP, São Paulo, 1999.

PERSICO, María Emilia. Pensar en verde. Propuesta verde para Buenos Aires. Disponível em:

SANTOS, Milton. Técnica, Espaço, Tempo: Globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

TUAN, Yi-Fu. A Geografia Humanística. In: CHRISTOFOLETTI, A. (Org.). Perspectivas da Geografia. São Paulo: Difel, 1982. Cap. 7, p. 143-164.

URRACO, Edgardo. ¿Villas o villas miserias? 2010. Disponível em:

VILLAÇA, Flávio. La estructura urbana de Buenos Aires. R. B Estudos Urbanos e Regionais. s/ local, v.14, n.1, p.1-19, maio de 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com
logo Diadorim