Geografia escolar: práticas pedagógicas e o ensino-aprendizagem do conteúdo de regiões brasileiras

Vanessa Manfio, Josane Baratto Balssan

Resumo


A geografia é uma ciência que estuda a superfície terrestre e a distribuição espacial de fenômenos, assim como, a relação recíproca entre o homem e o meio ambiente. Sendo uma ciência capaz de abordar o cotidiano vivenciado pelos alunos, através das noções de lugar, região, paisagem entre outras.  Com isto, ao abordar o conteúdo sobre as Regiões Brasileiras em sala de aula, com os alunos de sexta série do Ensino Fundamental, procurou-se trabalhar o assunto de maneira diferente, valorizando o aprendizado adquirido durante o ano letivo e pela sua vivência, através de duas propostas de estudo: uma com a utilização de recursos lúdicos tais como: dança, culinária, teatro. Enquanto que outra envolveu o trabalho individual, como a aplicação de questionários e a elaboração de desenhos a respeito das regiões do Brasil. Observou-se perante a realização das atividades, o comprometimento dos alunos, a aprendizagem e a fixação do conteúdo anteriormente estudado. Sem dúvidas, a participação e a utilização dos recursos didáticos lúdicos são essenciais para o “despertar” e ensinar na sala de aula, sendo o educador o responsável por conduzir este aprendizado, já que é o mediador na construção do conhecimento. Assim como, o conhecimento não pode ser algo estático e traduzido de maneira simplista e tradicional, a valorização dos interesses dos alunos deve ser fundamental na escolha desta construção de valores e ensino, com um trabalho interdisciplinar para que o mesmo possa ter um melhor aproveitamento no processo de ensino.


Palavras-chave


Geografia-escolar; Regiões Brasileiras; Recursos lúdicos

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, J. O aluno, o professor e a escola: Prática de ensino de Geografia e estágio supervisionado. São Paulo: Contexto, 2007.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Geografia. 3 ed. Brasília: Secretaria, 2001.

CALLAI, H. C. Aprendendo a Ler o Mundo: A Geografia nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Cad. Cedes, Campinas, vol. 25, n. 66, p. 227-247, maio/ago. 2005. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2012.

CASTROGIOVANNI, A. C. Ensino da geografia: caminhos e encantos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

CAVALCANTI, L. de S. Geografia e prática de ensino. Goiânia: Alternativa, 2002.

______. Geografia, escola e construção de conhecimentos. São Paulo: Papirus, 2003.

______. A Geografia Escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino de Geografia para a vida urbana cotidiana. Campinas: Papirus, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Divisão Regional. Disponível em: . Acesso em: 17 nov. 2012.

______. Mapas. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2012.

HAESBAERT, R. Regional-global: Dilemas da região e da globalização na Geografia contemporânea. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

LEMOS, L. M. As correntes da Geografia e o movimento de idéias em torno da região. Geografias, Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 26-36, jul./dez. 2005.

LENCIONI, S. Região e geografia. São Paulo: Edusp, 1999.

LIBÂNEO, José Carlos. A Democracia da Escola Pública. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992

LIMA, S. C. A. de; ABREU, S. de. Reflexão sobre a temática regional e o ensino de Geografia. GEOGRAFIA - Revista do Departamento de Geociências v. 14, n. 1, jan./jun. 2005. Disponível em: . Acesso em: 23 jan. 2012.

MARTIN, D. F. A Aprendizagem em Paulo Freire e Piaget. 53f. 2007. Monografia (Graduação em Pedagogia) - Universidade Estadual Paulista (UNESP), 2007.

MARTINS, J. Um enfoque fenomenológico do currículo: educação como poiésis. São Paulo: Cortez, 1992.

MARTIN, S. J.; BICUDO, M. A.V. A pesquisa qualitativa em psicologia: fundamentos e recursos básicos. São Paulo: Moraes/Educ. 1989.

OLIVEIRA, A. U. Educação e ensino de Geografia na realidade brasileira. In: OLIVEIRA, A. U. et al (Org.). Para onde vai o ensino de Geografia?. 8. ed. São Paulo: Contexto, 2003. p. 135-144.

PEREIRA, Z. dos R.; PAULA, F. M. de. A. Contribuições e possibilidades para o ensino de geografia: a cidade e espaço urbano como pressupostos da cidadania. In: Anais do XVI Encontro Nacional de Geógrafos, 2010, Porto Alegre. Anais eletrônicos. Porto alegre, AGB, 2010. Disponível em: . Acesso em: 23 nov. 2012.

PIAGET, J. Biologia e conhecimento: ensaio sobre as relações entre as regulações orgânicas e os processos cognoscitivos. Tradução de Francisco M. Guimarães. Petrópolis: Vozes, 1973.

______. Para Onde Vai a Educação? 9. ed. Rio de Janeiro: José Olympo, 1988.

REGO, N. et al. Geografia e educação: geração de ambiências. Porto Alegre: UFRGS, 2000.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo. Razão e Emoção. São Paulo: EDUSP, 2006.

SUERTEGARAY, D. M. A. Notas sobre epistemologia da geografia. Cadernos Geográficos. Florianópolis, n. 12, p. 1-63, maio, 2005.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 4 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991. 191p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Geographia Opportuno Tempore
UEL - Londrina
EISSN: 2358-1972
E-mail: revista.opportuno.tempore@gmail.com
logo Diadorim