PROGRAD - Pró-Reitoria de Graduação
Untitled Document
Você está em: Administrativo/Estrutura Administrativa/Divisão de Políticas de Graduação/CUIA






|Apresentação| |Estudantes| |Membros| |Vestibular|

|Relatórios| |Legislação| |Multimídia|


Estudantes

Presença Indígena no Estado do Paraná

 

1

Terra indígena Ocoí

2

Terra indígena Rio das Cobras

3

Terra indígena Mangueirinha

4

Terra indígena Palmas

5

Terra indígena Marrecas

6

Terra indígena Ivaí

7

Terra indígena Faxinal

8

Terra indígena Rio D'Areia

9

Terra indígena Queimadas

10 Terra indígena Apucaraninha
11 Terra indígena Barão de Antonina
12 Terra indígena São Jerônimo da Serra
13 Terra indígena Laranjinha
14 Terra indígena Pinhalzinho
15 Terra indígena Ilha da Cotinga
16 Terra indígena Mococa
17 Terra indígena Tekoha-Añetetê

Relatos e fotos de acadêmicos indígenas matriculados na UEL


Alexandro Silva

Etnia: Guarani Nhandewa
Curso: Administração
Terra Indigena Pinhalzinho
Município: Tomazina
Entrar na universidade foi a chance de adquirir mais conhecimentos para poder ajudar minha comunidade, sem deixar a cultura materna de lado, ou seja, não deixar o que aprendi com meu povo de lado mas sim, complementar esses novos conhecimentos em beneficio do nosso povo.


Aline Daniele Correia

Etnia: Guarani
curso: Serviço Social
Terra Indígena São Jerônimo

Município: São Jerônimo da Serra
Entrar na universidade me possibilitou deparar com um modo de vida diferente, com outros modos de pensar, de agir, de conceber o conhecimento, de apreender e dar significado ao mundo; ou seja, fez com que eu refletisse sobre outras culturas e sobre a minha própria cultura. Sendo assim uma troca de experiência e sem esquecer de onde eu vim e quem eu sou.

Amanda Pinto Ribas

Etnia: Kaingang
Curso: Medicina
Aldeia: Cacique Kretã

Município:
"Tudo posso naquele que me fortalece." Filipenses 4:13 
Todos os dias Ele tem me fortalecido, se estou aqui é porque existe um propósito no qual eu fui escolhida. Muitos julgam, mas poucos conhecem a sua história. Independente das circunstâncias nunca podemos desistir. Minha família e meu povo contam com minha ajuda.


Amaue Jacintho

Etnia: Guarani
Curso: Ciências Sociais
Terra Indígena Laranjinha
Município: Santa Amélia
Saber conviver com diferenças nos torna humanos, respeitar o modo de vida de cada um nos torna civilizados, e aprender essas questões nas universidades, com certeza seria a maior prova da evolução humana.

Danter Luan Amaral

Etnia: Kaingang
Curso: Educação Física
Terra Indígena São Jerônimo

Município: São Jerônimo da Serra
Entrar em uma universidade foi uma das maiores conquista que já consegui realizar. Com isso, venho tentando buscar e aprimorar novos conhecimentos e viver novas experiências, sem esquecer de minha cultura, de onde venho e de quem sou.

Elon Lucas Jacintho

Curso: Ciclo Intercultural de Iniciação Acadêmica dos Estudantes Indígenas
Etnia: Guarani Nhandewa
Terra Indígena Laranjinha
Município: Santa Amélia
O que eu espero da universidade é me formar.

Miriam Alessandra de Moraes Viegas

Etnia: Guarani Nhandewa
Curso: Medicina
Terra Indígena Laranjinha
Município: Santa Amélia
"Opte por aquilo que faz seu coração vibrar, apesar de todas as consequências" (Osho).
Foi o que fiz, realmente não esta sendo fácil mas pretendo lutar, pois foi assim que aprendi: ser guerreira, mãe, amiga e, acima de tudo, ser vitoriosa, além de um dia, retornar com todos esses conhecimentos para o meu povo e fazer a diferença.

Nadia Jacintho Alves

Curso: Medicina Veterinária
Etnia: Guarani Nhandewa
Terra Indígena Laranjinha
Município: Santa Amélia
"Traçar o meu caminho com novos conhecimentos,
Da adversidade vem a experiência e a oportunidade 
Para se ficar cada vez melhor e crescer...
E encarar o medo de novas mudanças, coisas boas;
E outras melhores ainda...
"Ser sempre humilde" (como diz o meu Pai Mario Jacintho).
E que ao final eu possa sentir satisfação e de alguma forma,
Passar esses conhecimentos adquiridos para a minha comunidade!!!


Valéria Lourenço Jacintho

Curso: Medicina 
Etnia: Guarani Nhandewa

Terra Indígena Laranjinha
Município: Santa Amélia
A sociedade evolui o tempo todo e nós como indígenas precisamos acompanhar essa evolução e a melhor maneira de encarar essa realidade é através da educação. Universidade representa a porta de entrada para conquista dos direitos de nossos Povos Indígenas. É aqui que vamos adquirir novos conhecimentos e trocar experiências, enquanto estudantes, sem esquecermos de quem somos e de onde viemos.

Seila Kavankag Juvêncio dos Santos

Etnia: Kaingang
Curso: Pedagogia
Terra Indígena Barão de Antonina

Município: São Jerônimo da Serra
Entrar na Universidade para mim é um sonho que será totalmente realizado quando eu concluir o curso que pretendo. Sendo assim, podendo levar todo o conhecimento que adquiri na Universidade para minha aldeia.

Eleandra

Etnia: Kaingang
Curso: Pedagogia
Terra Indígena Barão de Antonina

Município: São Jerônimo da Serra

D
DESTAQUES ::.

Projeto de Artes Cênicas aproxima UEL de comunidades

Jornal Notícia - 1.404

Semana aborda evidências da Relatividade Geral

Pesquisa aponta novas funções para os semicondutores
B
BUSCA no SITE ::.
C
CANAIS ::.
COMITÊS / COMISSÕES
OUTROS ENDEREÇOS
PORTAIS
PROGRAMAS / PLANOS
SAÚDE
SERVIÇOS
Fale com o Reitor
Holerite
Certificados Declarações
L
LINKS ::.
                             
© Universidade Estadual de Londrina
Pró-Reitoria de Graduação
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 10.011 | CEP 86.057-970 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4483  Fax: (43) 3371-5458
Canais de Atendimento