U E L  » Vestibular · Graduação · Pesquisa/Pós-Graduação · Extensão · Reitoria · Órgãos Suplementares · Órgãos de Apoio   


 
Ano 4 · Edição número 6 · ISSN: 1678-1317 ·   Dezembro de 2006.    Busca   


Artigos  Relatos/Opiniões  Livros/Revistas  Entrevistas  Ed. Anteriores  Expediente  Normas Publicação  


A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS DE ODONTOLOGIA NAS ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE REALIZADA NOS CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL

autor: Scarpelli BB; Garbelini CCD; Boer FAC; Pinto LMCP; Nakama L; Punhagui MF; Souza RAAR; Frossard WTG.

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi avaliar crianças dos Centros de Educação Infantil da UEL para desenvolver nos alunos de graduação do curso de Odontologia a capacidade de operacionalizar soluções dos problemas encontrados através do processo de educação permanente em saúde. O trabalho foi desenvolvido a partir do Projeto de Extensão “Centros de Educação Infantil da Uel: Atendimento Odontológico em Coletivos Restritos”, no Centro Odontológico Universitário da UEL e nos dois Centros de Educação Infantil (CEI) desta instituição. Participaram deste estudo 60 alunos do quarto ano do referido curso e docentes da Disciplina de Odontopediatria. Inicialmente uma reunião foi realizada com objetivo de informar os educadores dos respectivos CEI a respeito do trabalho que seria desenvolvido e promover a integração de todos os participantes do projeto. Para investigação direta da realidade nos CEI e conhecimento da saúde bucal, foram avaliadas 249 crianças, na faixa etária de 6 meses a 6 anos de idade. Os dados coletados foram registrados em ficha clínica e analisados com o propósito de operacionalizar soluções para a promoção de saúde bucal. Após análise dos dados encontrados, os alunos buscaram informações através de levantamento bibliográfico, orientaram os educadores dos CEI sobre hábitos de higiene bucal e alimentação, realizam e ensinaram técnicas de escovação nas crianças, desenvolveram trabalhos educativos (cartilhas e jogos) com a finalidade de motivar as crianças a promover e manter a saúde bucal. Conclui-se que de acordo com a situação bucal das crianças dos CEI, os alunos do curso de odontologia foram capazes de desenvolver métodos educativos adequados para a promoção da saúde bucal desta comunidade.



     

1 - INTRODUÇÃO

O curso de Odontologia, em fase de reestruturação por necessidade de adaptação às diretrizes curriculares, visa uma melhor adequação do profissional frente às novas demandas de saúde da população, que exigem destes uma atitude mais humanizada, crítica e reflexiva. A parceria dos Centros de Educação Infantil (CEI) com docentes e alunos do curso de graduação de Odontologia deu-se através do Projeto de Extensão "CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL DA UEL: ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO EM COLETIVOS RESTRITOS", que oportunizou a mudança dos cenários do processo ensino-aprendizado proporcionando uma vivência de educação permanente em saúde, com enfoque numa nova relação entre professor-aluno-serviço-comunidade. Segundo WALTER et al. (1996), para assegurar a saúde bucal, a atenção odontológica deve iniciar-se no primeiro ano de vida, sensibilizando pais e/ou responsáveis sobre a importância da saúde bucal, justificando o desenvolvimento deste projeto nos CEI, através da investigação direta da realidade.

2- OBJETIVO

O objetivo deste trabalho foi avaliar crianças dos CEI da UEL para desenvolver nos alunos de graduação do curso de Odontologia a capacidade de operacionalizar soluções dos problemas encontrados através do processo de educação permanente em saúde.

3- METODOLOGIA

O trabalho foi desenvolvido no Centro Odontológico Universitário da UEL e nos dois CEI desta instituição. Participaram deste estudo 60 alunos do quarto ano do referido curso e docentes da Disciplina de Odontopediatria.

Inicialmente uma reunião foi realizada com o objetivo de informar os educadores dos respectivos CEI a respeito do trabalho que seria desenvolvido e promover a integração de todos os participantes do projeto de extensão. Para a investigação da realidade nos CEI e conhecimento da saúde bucal, foram avaliadas 249 crianças, na faixa etária de 6 meses a 6 anos de idade. Os dados coletados foram registrados em ficha clínica e analisados com o propósito de operacionalizar soluções para a promoção de saúde bucal. Os dados quantitativos foram analisados utilizando-se o programa EPI-INFO versão 3.2.2, e os qualitativos segundo MINAYO (1996).

4- RESULTADOS

Após o conhecimento da realidade e análise dos dados, os alunos buscaram informações através de levantamento bibliográfico, orientaram os educadores dos CEI sobre hábitos de higiene bucal e alimentação, realizaram e ensinaram técnicas de escovação nas crianças, desenvolveram trabalhos educativos (cartilhas e jogos) com a finalidade de motivar as crianças a promover e manter a saúde bucal.

4.1- Realidade dos CEI



Figura 1 - Prevalência da cárie dentária segundo as faixas etárias



Figura 2 - Cárie e problemas ortodônticos nas faixas etárias estudadas (n = 43)

 

Figura 3 –Tipos de problemas ortodônticos nas faixas etárias estudadas (n = 43)

4.2- Ação proposta pelos alunos a partir da situação problema



 Figura 4 – Orientando os educadores sobre hábitos de saúde bucal



Figura 5 – Ensinando a técnica de escovação




  Figura 6 - Realizando a técnica de escovação



   

Figura 7 – Crianças brincando com os trabalhos desenvolvidos pelos alunos do curso de Odontologia

 

 Figura 8 –História infantil tendo como tema a promoção da saúde bucal

4.3- Avaliação do projeto de extensão pelos alunos

4.3.1- Análise do questionário



Figura 9 – Influência do projeto na rotina de trabalho dos alunos

 

Figura 10 - Principais problemas de saúde das crianças dos CEI

 

Figura 11 – Percepção do aluno em trabalhar com um novo modelo de ensino- aprendizagem

 

Figura 12 – Que bom ...

 

Figura 13 – Que pena ...

4.3.2- Frases do dia

02/07/04
"Essa experiência foi muito interessante, as crianças são muito ativas e inteligentes. Este Centro é bastante organizado"
"Esse primeiro dia foi importante para conhecer o local e ter o primeiro contato com as crianças, importante para a realização do nosso trabalho"
"Os pequeninos são terríveis, mais foi muito engraçado e legal! Valeu pelas risadas!"

24/09/04
"O aprendizado cresce a cada experiência nova como esta"
"Oportunidade de aumentar o conhecimento sobre a saúde de uma forma geral"
"As novidades também levam ao aprendizado"

5- CONCLUSÃO

Conclui-se que através do projeto de extensão, os alunos do curso de Odontologia foram capazes de desenvolver métodos educativos adequados para capacitar os Centros de Educação Infantil na promoção da saúde bucal.

6- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALMEIDA, M. J. Diretrizes curriculares da área da saúde. Rede Unida, 2003.

BERBEL, N.N. Metodologia da problematização: experiências com questões do ensino superior, ensino médio e clínica – Londrina: Ed. UEL, 1998.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir - 6. ed.- São Paulo: Cortez; Brasília: MEC: UNESCO, 2001.

FÓRUM DO CURSO DE ODONTOLOGIA DA UEL. 2003.

GARANHANI, M.L. et al. Superando desafios na construção de amplas reformas curriculares. In: A educação de profissionais de saúde na América latina: teoria e prática de um movimento de mudança. Ed. Hucitec, Lugar Editorial e Ed. da UEL. São Paulo, 1999.

REDE UNIDA. Diversificação de cenários de ensino e trabalho sobre necessidades. Divulgação em Saúde para Debate. n 22, dez 2000, p 36-48.




   
 
PROJETO DE ASSISTÊNCIA INTERDISCIPLINAR AO IDOSO EM NÍVEL PRIMÁRIA (PAINP): A busca de uma prática possível
ANÁLISE OBSERVACIONAL DA MARCHA NAS FASES PRÉ E PÓS-APLICAÇÃO DE TOXINA BOTULÍNICA TIPO A NA PARALISIA CEREBRAL MISTA: Estudo de caso
ASSISTÊNCIA INTEGRAL À FAMÍLIA DE PREMATUROS NASCIDOS EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO
AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO MOTORA GROSSA EM CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL POR MEIO DA GMFM-88
ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO E CONTROLE DAS ENTEROPARASITOSES NA POPULAÇÃO DE BAIRROS PERIFÉRICOS DA CIDADE DE LONDRINA- PARANÁ
A PARTICIPAÇÃO DOS ALUNOS DE ODONTOLOGIA NAS ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE REALIZADA NOS CENTROS DE EDUCAÇÃO INFANTIL
AÇÕES HUMANIZADAS NA PROMOÇÃO, PREVENÇÃO, CONTROLE, TRATAMENTO E CUIDADOS PALIATIVOS AO PACIENTE ONCOLÓGICO E SEUS FAMILIARES
PERFIL DE DOADORAS DE LEITE DO BANCO DE LEITE HUMANO DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE LONDRINA-PR
O ENSINO DO CUIDADO EM SAÚDE GERONTOGERIÁTRICA NO PROGRAMA UNATI - ATUAÇÃO DA ÁREA DE ENFERMAGEM / SAÚDE
PROPAI-DF - PROGRAMA DE PROMOÇÃO E APOIO A INCLUSÃO DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA FÍSICA: UM PROJETO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA




· Artigos · Relatos/Opiniões · Livros/Revistas · Entrevistas · Ed. Anteriores · Expediente · Normas Publicação 





 
  Universidade Estadual de Londrina


  Campus Universitário - Cx. Postal 6001 - CEP 86.057-970 - Londrina-PR


  Número de Visitas: