Revista lança dossiê sobre Quadrinhos e perspectiva histórica

A Revista “Histórias, Histórias”, publicação do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília, lança dossiê sobre “Quadrinhos em perspectiva Histórica: temas e abordagens”, para a sua próxima edição. O prazo de submissão é até 30 de setembro.

As normas de submissão podem ser acessadas aqui. Abaixo segue a descrição do dossiê.

A profusão de temas e abordagens possíveis às histórias em quadrinhos contrasta com a aridez dos estudos históricos em torno do tema realizados no Brasil. Enquanto a historiografia francesa, referência importante para a produção historiográfica brasileira, já descobriu as histórias em quadrinhos há alguns nomes como parte da sua abertura aos “novos temas, objetos e abordagens” – vide autores como Pascal Ory, Jean-Yves Mollier, Jean-Paulo Gabilliet, Thierry Crépin, entre outros –, os historiadores brasileiros se ressentem de estudos específicos que assumam os quadrinhos como problemas históricos. Na busca por superar tal lacuna é que se propõe a organização deste dossiê. Além disso, espera-se também que o dossiê expresse, na medida do possível, o estado da arte dos estudos sobre quadrinhos no país, de forma a possibilitar o mapeamento das tendências gerais das pesquisas recentes, assim como as possibilidades para pesquisas futuras.

Por fim, serão aceitos trabalhos ligados a diversas áreas do conhecimento, mas que assumam os quadrinhos a partir de problemas e questões de fundo histórico: cruzamentos e tensões entre tradições visuais distintas; transformações na linguagem ao longo do tema; recepção de quadrinhos ao longo do tempo; e relações entre quadrinhos e política, movimentos sociais, representações, entre outros temas. Em suma, o dossiê tem como objetivos: 1. Mapear o estado da arte da produção historiográfica sobre histórias em quadrinhos; 2. Reunir tendências quanto a temas, abordagens e orientações teórico-metodológicas; 3. Suprir lacunas na bibliografia brasileira sobre o tema, sobretudo para o campo historiográfico; 4. Apontar caminhos e questões para estudos subsequentes que assumam os quadrinhos como problema histórico.