Defesa de dissertação – O Design Thinking e os regimes de visualidade da educação básica contemporânea

11347831_849377808472505_1386288608_o

A mestranda Amanda Zilli defendeu, no dia 29 de maio, a dissertação intitulada “O Design Thinking e os regimes de visualidade da educação básica contemporânea: reflexões sobre design, educação, novas tecnologias e a produção de sentido”. O trabalho foi orientado pela Profa. Dra. Rosane Fonseca de Freitas Martins.

O estudo tem como objetivo compreender o papel do Design Thinking em sua relação com a educação e a tecnologia nas instituições de Educação Básica, mais especificamente, a pertinência do uso de ferramentas de comunicação visual disponibilizadas pelo processo do Design Thinking no âmbito escolar. Para este fim, discute os regimes de visualidade em sua relação com as novas tecnologias. Retoma discussões sobre novas perspectivas para a Educação Básica. Analisa novas formas de interação na escola ocasionada pelo uso dos novos recursos tecnológicos. Estuda as etapas do processo do Design Thinking e apresenta os resultados de uma investigação realizada em uma instituição privada localizada na cidade de Londrina PR que coloca o Design Thinking em ação.