MESTRADO EM HISTÓRIA SOCIAL

Armínio Kaiser. Colheita de "cereija" na peneira. 1958. Acervo do Museu Histórico de Londrina. (detalhe)

 

PRÁTICAS CULTURAIS, MEMÓRIA E IMAGEM

   

O conceito de cultura é complexo no interior de diferentes áreas das ciências humanas, como a Antropologia, a Sociologia e, também, a História, o que varia, também, de acordo com os autores que o delineiam. O objetivo da linha de pesquisa é refletir sobre questões relacionadas às práticas culturais no campo histórico a partir de múltiplas matrizes teóricas, tendo em vista sua confluência interdisciplinar com outras áreas do conhecimento. As práticas culturais, em sentido lato, podem manifestar-se de diversas formas, como o patrimônio, a religião e a religiosidade. Três questões parecem perpassar a discussão: uma delas seriam as identidades, concebidas como construções históricas que permitem aos grupos perceberem-se num espaço social comum, ao mesmo tempo em que se ancoram na representação do outro. Corolário disso, podemos ressaltar as memórias coletivas que, sendo circunscritas e construídas por determinados grupos no interior do jogo social (incluindo-se por intermédio da invenção de tradições aparentemente antigas e imutáveis, mas, geralmente, carregadas de historicidade), são monumentalizadas por meio de distintos lugares de memória. Outro foco de reflexão da linha de pesquisa são as imagens de diferentes naturezas, que podem desempenhar o papel de objetos de investigação e/ou fontes primárias. Elas também podem tornar-se monumentos e compor a tessitura de narrativas que entrelaçam as memórias ou, por outro lado, repousar no território do silêncio aguardando momentos estratégicos para sua emergência

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA 

BASCHET, Jérôme. Introdução: a imagem-objeto. In: SCHIMIT, Jean Claude et BASCHET, Jérôme. L’image. Fonctions et usages des images dans l’Occident médiéval. Paris: Le Léopard d’Or, 1996. P. 7-26 (tradução: Maria Cristina C. L. Pereira). Disponível em www.pem.historia.ufrj.br/arquivo/jerome_baschet001.pdf

CERTEAU, M. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

GINZBURG, Carlo. Olhos de madeira: nove reflexões sobre a distância. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

KOSELLECK, Reinhardt. Futuro passado: contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. Puc-Rio, 2006.

MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. História e Imagem: iconografia /iconologia e além. In: CARDOSO, Ciro Flamarion & VAINFAS, Ronaldo. (Organizadores). In: Novos Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, p. 243-262, 2012.

NORA, Pierre. Entre Memória e História: a problemática dos lugares. In: Projeto História. Revista do Programa de Estudos Pós-Graduação em História do Departamento de História da PUC. São Paulo, 1993.

© 2007 Universidade Estadual de Londrina
Rodovia Celso Garcia Cid | Pr 445 Km 380 | Campus Universitário
Cx. Postal 6001 | CEP 86051-990 | Londrina - PR
Fone: (43) 3371-4000 | Fax: (43)3328-4440
e-mail: cepmartinez@uel.br