Disciplinas

Relação de Disciplinas — PPG-EE-UEL

(DELIBERAÇÃO – Câmara de Pós-Graduação Nº 035/2009)

Universidade Estadual de Londrina

Centro de Tecnologia e Urbanismo

Programa Mestrado em Engenharia Elétrica

Núcleo Obrigatório

2ELE048 - SEMINÁRIOS 1 cr 15 h

Série de seminários entre alunos, professores e convidados do curso para apresentação e discussão de trabalhos científicos.

2ELE051 - MÉTODOS, PROCEDIMENTOS E TÉCNICAS DE PESQUISA 2 cr 30 h

A Investigação Científica em Engenharia Elétrica. O processo de elaboração de projetos de pesquisa e artigos científicos: a definição do problema, levantamento de hipóteses, escolha do método. Redação de um artigo científico.

[1] Rubio, F.V. Introdução ao Projeto de Pesquisa Científica. Editora Vozes, 1986.
[2] Muller, M. S., Cornelsen, J. M. Normas e Padrões para Teses, Dissertações e Monografias. Eduel. 5ª Edição, 2003
[3] Cervo, A.L., Bervian, P.A. Metodologia Científica, Editora McGraw-Hill do Brasil, 1983.
[4] Eco, U. Como se Faz uma Tese. Editora Perspectiva. 1977
[5] Barros, A.J.P., Lehfeld, N.A.S. Projeto de Pesquisa-Proposta Metodológicas. Editora Vozes, 1990.
[6] Bronowski, J. O Senso Comum da Ciência. Editora da USP & Editora Itatiaia Ltda, 1977
[7] Burtt, E. A. As Bases Metafísicas da Ciência Moderna. Editora Univ. De Brasília, 1983
[8] Ziman, J. A Força do Conhecimento. Editora da USP & Editora Itatiaia Ltda, 1981
[9] Waddington, C. H. Instrumental para o Pensamento. Editora da USP & Editora Itatiaia Ltda, 1979
[10] Boyer C. B. História da Matemática. Editora Edgard Blucher LTDA, 1974.

2ELE100 - DISSERTAÇÃO I 10 cr 150 h

Desenvolvimento do pré-projeto de Dissertação. (acompanhamento – Orientador). Período ideal de realização (matrícula obrigatória):  primeiro período

2ELE101 - DISSERTAÇÃO II 10 cr 150 h

Desenvolvimento de atividades experimentais e/ou teóricas específicas associadas ao tema de Dissertação, supervisionadas pelo orientador. Período ideal de realização (matrícula obrigatória):  segundo período.

2ELE102 - DISSERTAÇÃO III 10 cr 150 h

Desenvolvimento de atividades experimentais e/ou teóricas específicas associadas ao tema de Dissertação, supervisionadas pelo orientador. Período ideal de realização (matrícula obrigatória):  terceiro período.

2ELE103 - DISSERTAÇÃO IV 10 cr 150 h

Elaboração e apresentação da Dissertação de Mestrado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, supervisionada pelo orientador. Período ideal de realização (matrícula obrigatória):  quarto período.

Núcleo Estruturante

2ELE031 - ESTÁGIO DE DOCÊNCIA NA GRADUAÇÃO 02 cr 30 h

Período ideal de Realização (obrigatório para bolsistas CAPES/CNPq/Araucária): 1o. ou 2o. período

Participação em aulas de graduação, treinamento de estagiários de iniciação científica e outras atividades correlatas a critério e acompanhamento da Comissão Coordenadora, com supervisão do orientador e com a presença do professor responsável pela disciplina.

2ELE052

a                                 TÓPICOS ESPECIAIS (créd. variáveis)

2ELE090

2ELE105 - PROCESSO ESTOCÁSTICO APLICADO À ENGENHARIA ELÉTRICA 03 cr 45 h

Conceitos e teoremas básicos da probabilidade e variáveis aleatórias; Processos aleatórios; Processos estacionários; Funções de correlação, autocorrelação e densidade espectral de potência; Processamento de sinais aleatórios; Estimação; Processos aleatórios discretos; Aplicações.

[1] H. Stark, J. W. Woods. Probability, Random Process and Estimation Theory for Engineers. Prentice Hall 2nd edition, 1994.
[2] V. YANNIS, “Probability And Random Processes for Electrical Engineers”, Mcgrawhill, 1998
[3] PEYTON Z. Peebles, Jr, “Probability, Random Variables, and Random Signal Principles”, Mcgrawhill, 3rd, 1993
[4] A. Papoulis. Probability, Random Variables and Stochastic Processes, McGraw Hill, 1991 (3rd Ed.).
[5] A. B. Clarke and R.L. Disney. Probability and Random Processes: A First Course with Applications, John Wiley, 1985.
[6] S. M. Ross. Introduction to Probability Models, Academic Press, 1985, 3rd Ed.
[7] T. Abrão. Introdução a Processos Estocásticos. Notas de Aula. Depto Eng. Elétrica, Univ. Estadual de Londrina, ver. Beta, 2011.

2ELE106 - SISTEMAS LINEARES E MATRIZES 03 cr 45 h

Espaços Vetoriais; Autovalores, Autovetores e Similaridade de Matrizes; Ortogonalização e Mínimos Quadrados (SVD e pseudo-inversa); Teoria de Perron-Frobenius (Matrizes não-negativas, primitivas, estocásticas); Análise e síntese de sistemas lineares; Modelagem matemática e descrição matemática de sistemas; Análise Fourier; Transformada de Laplace; Função de transferência; Sistemas LTI; Sistemas LTV.

[1] R.A. Horn e C.R. Johnson. Matrix Analysis. Cambridge University Press, 1987.
[2] R.A. Horn e C.R. Johnson. Topics in Matrix Analysis. Cambridge University Press, 1991.
[3] G.H. Golub e C.F. Van Loan. Matrix Computations. Johns Hopkins University Press, 3a. ed. 1996.
[4] G.W. Stewart. Introduction to Matrix Computations. Academic Press, 1973.
[5] G.W. Stewart e J. Sun. Matrix Perturbation Theory. Academic Press, Boston, MA, 1990.
[6] J.H. Wilkinson. The Algebraic Eigenvalue Problem. Oxford University Press, Londres, 1965.
[7] F.R. Gantmacher. The Theory of Matrices. Chelsea Publishinng Company, 2a. edição, 1990.
[8] N.J. Higham. Accuracy and Stability of Numerical Algorithms. SIAM, 1996.
[9] R. Bathia. Matrix Analysis. Graduate Texts in Mathematics. Springer-Verlag, 1997.
[10] Chen C.-T.  Linear System Theory and Design. Oxford University, Press, Oxford. 3rd Ed., 1998.
[11] Callier F. and Desoer C.  Linear System Theory, Springer Verlag, New York., 1991

2ELE107 - PROCESSAMENTO ANALÓGICO E DIGITAL DE SINAIS 03 cr 45 h

Sistemas e sinais analógicos, discretos e digitais. Transformada de Fourier para sinais contínuos. Análise em freqüência de sistemas lineares. Transformada Z. Amostragem e interpolação de sinais: amostragem periódica, representação no domínio da freqüência, reconstrução de sinais com banda limitada a partir de suas amostras, processamento digital de sinais analógicos. Filtragem. Análise no domínio de freqüência de sistemas LIT (sistemas lineares e invariantes no tempo): sistemas de fase mínima. Estrutura para sistemas discretos no tempo, representação usando grafo de fluxo de sinais, estruturas básica, projetos de filtros. A Transformada de Fourier para sinais discretos. Estruturas para a realização de sistemas discretos. Transformada rápida de Fourier, função de correlação e covariância discretas, transformação KL (Karhunen-Loeve), processos periódicos e quase-periódicos; predição linear, modelos lineares para processos aleatórios, modelagem AR (auto regressivo), modelagem ARMA (auto regressive moving average). Estimativa espectral usando modelos lineares, estimativa espectral usando máxima verossimilhança, métodos usando subespaços.

[1] Alan V. Oppenheim, Alan S. Willsky, Hamid Nawab. Signals & Systems, Prentice Hall Signal Processing, Alan V. Oppenheim Series Editor, second edition.
[2] Alan V. Oppenheim, Ronald W. Schafer and John R. Buck. Discrete-Time Digital Processing, Prentice Hall Signal Processing, Alan V. Oppenheim Series Editor. 1999, second edition
[3] CHARLES W. Therrien “Discrete Random Signals And Statistical Signals Processing”, Prentice Hall Signal Processing Series (1992), 1ª Edição, USA.
[4] DINIZ, Paulo S. R.; SILVA, Eduardo A. B. da.; NETTO, Sergio L.. “Digital Signal Processing”. Cambrigde University Press, Inglaterra, 2002
[5] P. S. R. Diniz, E. A. B. da Silva, S. L. Netto. Processamento Digital de Sinais: Projeto e Análise de Sistemas, Bookman, 2004.
[6] John G. Proakis and Dimitris G. Manolakis. Digital Signal Processing: Principles, Algorithms and Applications, Prentice Hall of India, 2002, third edition.
[7] T. Abrão. Processamento de Sinais – Notas de Aula, ver. Gama, Londrina, PR. 2013

2ELE108 - FUNDAMENTOS PARA ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS DE CONTROLE   03 cr 45 h

Descrição do problema de controle. Ferramentas de análise e projeto para sistemas contínuos e discretos. Transformada de Laplace. Transformada Z. Controladores PID. Sistemas discretos no tempo. Emulação discreta de sistemas contínuos. Projeto de sistemas de controle discretos empregando o Root Locus.

[1] OGATA. Engenharia de Controle Moderno. Ed. Prentice-Hall, quarta edição, 2003.
[2] Ogata K., “Discrete Time Control System”, Prentice-Hall, Second Edition, 1997.
[3] Phillips C. L., Nagle H. T., “Digital Control System Analysis and Design”, Prentice Hall, Third Edition, 1995.
[4] D´Azzo J. J., Houpis C. H., Sheldon S. N., “ Linear Control System Analysis and Design with Matlab”, Taylor & Francis, Boca Raton, Fifth Edition, 2003.

2ELE109 - ELETRÔNICA DE POTÊNCIA 03 cr 45 h

Indutores, Transformadores de Pulsos e Efeito Pelicular (Skin). Conversores CC-CC: BUCK, FORWARD, HALF-BRIDGE, FULL-BRIDGE, FLAYBACK E BOOST. Retificadores (conversor CA-CC): Análise e projetos aplicados em Eletrônica de Potência. Circuitos Integrados Aplicados e projetos do circuito de Controle e Inversores (conversores CC-CA): Onda Quadrada, PWM, Senoidal.

[1] RASHID, M.H., “Power Electronics Handbook”, Academic Press, 2001.
[2] BARBI, I., “Eletrônica De Potência”, Ed. Ufsc, 2000
[3] MELLO, LUIZ F. PEREIRA. Análise e Projeto de Fontes Chaveadas. Ed. Érica.
[4] MELLO, LUIZ F. PEREIRA. Projeto de Fontes Chaveadas. Ed. Érica.
[5] Artigos Diversos da Ieee-Pels Conference Records e Ieee-Pels Transactions.

2ELE110 – INSTRUMENTAÇÃO ELETRÔNICA 06 cr 90 h

Conceitos básicos; Classificação de sistemas instrumentados; Canal de medição: sinais desejados, interferentes e modificantes; Incerteza de uma medida: métodos de medição e propagação das incertezas; Calibração; Principais transdutores e sensores utilizados em instrumentação; Condicionadores de sinais para transdutores sensores; Sistemas de Aquisição de Dados.

[1] Sergio Franco, “Design with Operational Amplifiers and Analog Integrated Circuits”, McGraw- Hill, 3a Edição, ISBN-13: 978-0072320848, 2001.
[2] David Terrell, “Op Amps: Design, Application, and Troubleshooting”, Ed. Newnes, 2a Edição, ISBN-13: 000-0750697024, 1996.
[3] John R. Taylor, “Introdução à Análise de Erros: O Estudo de Incertezas em Medições Físicas”, 2a Ed., Ed. BOOKMAN, 2012.
[4] Ignacio Lira, “Evaluating the Measurement Uncertainty: Fundamentals and Practical Guidance”, 1a Edição, Ed. Taylor & Francis, ISBN-13: 978-0750308403, 2002.

2ELE111 - CONTROLE AVANÇADO 06 cr 90 h

Controle Digital: Transformada z, segurador de ordem zero-ZOH, equações diferença, mapeamento entre plano s e plano z, análise de transiente e regime permanente, projeto do Lugar das Raízes no plano z, função de transferência discreta. Sistemas Não-Lineares: Estabilidade: Lyapunov, variedade central, entrada-saída e de sistemas com perturbações. Sistemas realimentados: estabilidade absoluta, passividade, função descritiva, linearização exata

[1] Ogata K., “Discrete Time Control System”, Prentice-Hall, Second Edition, 1997.
[2] Phillips C. L., Nagle H. T., “Digital Control System Analysis and Design”, Prentice Hall, Third Edition, 1995.
[3] D’Azzo J. J., Houpis C. H., Sheldon S. N., “Linear Control System Analysis and Design with Matlab”, Taylor & Francis, Boca Raton, Fifth Edition, 2003.
[4] Slotine, J. J., Li, W. “Applied Nonlinear Control”, Prentice-Hall, 1991.
[5] Artigos dos principais periódicos especializados versando sobre o assunto.

2ELE112 - TÉCNICAS E MÉTODOS E ANÁLISE DE SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES 06 cr 90 h

Representação geométrica de sinais. Representação vetorial de receptores ótimos. Probabilidade de erro na sinalização binária e M-ária. Probabilidade de erro na sinalização não ortogonal. Canais com Desvanecimento. Visão Geral de Sistemas de Múltiplo Acesso: TDMA, FDMA e CDMA. Sistemas de Comunicação Multimídia e Diferentes QoS. Diversidades em Sistemas de comunicação. Tipos e técnicas de redução de Interferência em sistemas de múltiplo acesso. Técnicas de Detecção/Decodificação de sinais: (sub-)ótima e detecção multiusário. Desempenho, capacidade e eficiência espectral de sistemas de múltiplo acesso. Esquemas de comunicação cooperativos.

[1] J. G. Proakis, Digital Comunications, Mc-Graw-Hill, 1989
[2] B. P. Lathi, Modern Digital and Analog Communications Systems, 2th edition, 1989
[3] G.L. Stüber, Principles of Mobile Communication, Kluwer Academic Publishers, 2th edition, 2001
[4] R. Kennedy, Fading Dispersive Communication Channels, John Wiley and Sons, 1969
[5] M. D. Yacoub, Foundations of Mobile Communications Engineering, CRC Press, 1993
[6] W. C. Jakes, Ed., Microwave Mobile Communications, New York: IEEE Press, 1974.
[7] H.Harada; R.Prasad, Simulation and Software Radio for Mobile Communications, Artech House, 2002.
[8] S. Verdú, Multiuser Detection, Cambridge University Press, 1998
[9] Michael L. Honig. Advances in Multiuser Detection. Wiley-IEEE Press, 2009.
[10] Gerhard Kramer, Ivana Maric, Roy, D. Yates. Cooperative Communications (Foundations and Trends in Networking), Now Publishers, 2007.
[11] K. J. Ray Liu, Ahmed K. Sadek, Weifeng Su, Andres Kwasinski. Cooperative Communications and Networking. Cambridge University Press, 2009
[12] Yan Zhang, Hsiao-Hwa Chen, Mohsen Guizani. Cooperative Wireless Communications (Wireless Networks and Mobile Communications). Auerbach Publications, 2009.

Tópicos Especiais

2ELE056 – TE em TELECOMUNICAÇÕES 06 cr 90 h

Conceitos de Telecomunicações, Canais com Desvanecimento, Sistemas de Múltiplo Acesso, Sistemas de Múltipla Taxa, Diversidade e Técnicas de Detecção. Modelagem, Implementação e Simulação Computacional em Telecomunicações. Codificação de Fonte e de Canal. Simulação Monte Carlo. Outros conteúdos, abrangendo assuntos de relevância atual e com sinergia com os temas de desenvolvimento das dissertações dos discentes.
[1] J. G. Proakis, Digital Comunications, Mc-Graw-Hill, 1989.
[2] B. P. Lathi, Modern Digital and Analog Communications Systems, 2th edition, 1989.
[3] G. L. Stüber, Principles of Mobile Communication, Kluwer Academic Publishers, 2th edition, 2001. [4] R. Kennedy, Fading Dispersive Communication Channels, John Wiley and Sons, 1969.
[5] M. D. Yacoub, Foundations of Mobile Communications Engineering, CRC Press, 1993.
[6] S. Verdú, Multiuser Detection, Cambridge University Press, 1998.
[7] W. C. Jakes, Ed., Microwave Mobile Communications, New York: IEEE Press, 1974.
[8] N. Blaunstein and J. B. Andersen, Multipath Phenomena in Cellular Networks Artech House, London, UK, 2002.
[9] H. Harada; R.Prasad, Simulation and Software Radio for Mobile Communications, Artech House, 2002.
[10] Michael L. Honig. Advances in Multiuser Detection. Wiley-IEEE Press, 2009.
[12] Gerhard Kramer, Ivana Maric, Roy, D. Yates. Cooperative Communications (Foundations and Trends in Networking), Now Publishers, 2007.
[13] Gene H. Golub and Charles F. Van Loan, Matrix Computations, 3rd ed. The Johns Hopkins University Press. Chaps. 1-5 (274 pages). ISBN:
0-8018-5413-X, 0-8018-5414-8 (pbk
[14] K. J. Ray Liu, Ahmed K. Sadek, Weifeng Su, Andres Kwasinski. Cooperative Communications and Networking. Cambridge, 2009
[15] Yan Zhang, Hsiao-Hwa Chen, Mohsen Guizani. Cooperative Wireless Communications (Wireless Net and Mobile Comm). Auerbach, 2009.

2ELE058 – TE em ELETRÔNICA de POTÊNCIA 06 cr 90 h

Tipos de conversores. Definições de grandezas elétricas: valor médio, valor eficaz, harmônicas, frequência fundamental,razão cíclica, fator de forma, fator de crista. Definição de fator de potência para diferentes situações: Carga Linear, Carga não linear com tensão senoidal, Carga não linear com tensão distorcida. Condicionamento de sinais analógicos: Ganho, Soma, Retificação, Comparação, projeto de circuitos de condicionamento de sinais. Circuitos trifásicos: Gerador conectado em Y e carga em conexões Y ou delta. Conceito de componentes simétricas e aplicação em circuitos trifásicos desequilibrados. Transformada de Clarke e Teoria PQ. Transformada de Park. Definição de um PLL, algoritmo e aplicação. Aplicação das transformações de Clarke e Park em controle de inversores. Inversor Monofásico e teorias de modulação: bipolar e unipolar. Inversor trifásico e teorias de modulação: 120 graus, 180 graus, Senoidal PWM.
[1] Pomílio,J. A.; DECKMANN, S.M. Avaliação da Qualidade de Energia Elétrica, Material didático disponível em: http://www.dsce.fee.unicamp.br/~antenor/it012.html
[2] Junior, P., Antonio. Eletrônica Analógica – Amplificadores Operacionais e Filtros Ativos . 6. Ed. Editora Bookman, 2009.
[3] Nilsson, James W., Reidel, Susan A., Circuitos Elétricos, LTC, 6a Edição, 2003.
[4] Floyd, T.L. Principles of Electric Circuits, 6th Ed. Prentice Hall, 2000. ISBN 0-13-095997-9.927p.
[5] Barioni de Oliveira, C.C.; Schmidt, H.P.; Kagan, N.; Robba, E.J.“Introdução a Sistemas Elétricos de Potência: Componentes Simétricas”. Editora Edgard Blucher, 2a. Edição, São Paulo, 20
[6] Hirofumi, A; Watanabe, E.D.,Aredes, M. Instantaneus Power Theory and Applications to Power Conditioning, 2007 ISBN 978-0-470-10761-4.
[7] Rashid, M. H., Eletronica de Potência, Circuitos, Dispositivos e Aplicações, 1999, Ed. Makron Books
[8] Barbi, I., Martins, D.C., Introdução ao Estudo dos Conversores CC-CA. Editora da UFSC.
[9] Mohan, N., First Course on Power Electronics and Drivers, 2003, ISBN 0-9715292-2-1
[10] Rashid, M.H.,Power Electronics Handbook, 2001, ISBN 0-12-581650-2, Academic Press

2ELE063 – TE em OTIMIZAÇÃO 06 cr 90 h

Otimização Linear. Algoritmo simplex. Método de duas fases. Simplex revisado. Simplex canalizado. Dualidade. Algoritmo dual simplex. Análise de sensibilidade. Algoritmos de pontos interiores. Aplicações em Engenharia Elétrica.  Otimização Não-Linear. Funções, gradiente e Hessiano. Teorema de Taylor. Condições de optimalidade. Teorema de Kuhn-Tucker. Lagrange e dualidade. Método do Gradiente e Newton. Método das direções conjugadas. Métodos Quasi-Newtonianos, métodos do gradiente projetado e gradiente reduzido. Métodos de penalidade e lagrangeano aumentado. Algoritmo de Pontos Interiores. Programação quadrática e métodos de Lagrange. Programação convexa. Métodos de otimização não convexa. Programação geométrica. Programação  Semi-definida. Otimização Pareto  Multi-objetivo. Métodos Heurísticos de Otimização. Aplicações em Engenharia Elétrica.

Pré-Requisito: conceitos básicos de processos estocásticos, comunicação digital e cálculo avançado.

[1] D.G. Luenberger, Y. Ye, Linear and Nonlinear Programming, Third Ed., Addison Wesley, 2008, Springer
[2] Bazaraa, M.S.; Jarvis, J.J.; Sherali, H.D., Linear Programming and Network Flows, 2nd edition, John Wiley, 1990;
[3] M.S. Bazaraa, H.D. Sherali, C.M. Shetty, Nonlinear Programming, 2nd Ed., John Wiley, 1993.
[4] Dimitri P. Bertsekas. Nonlinear Programming. Athena Scientific. 2nd Ed., 1999.
[5] Stephen Boyd, Lieven Vandenberghe.  Convex Optimization. Cambridge University Press 2004
[6] Dimitri Bertsekas, Angelia Nedic. Convex Analysis and Optimization. Athena Scientific 2003
[7] Sakarovitch, M., Linear Programming, Springer-Verlag, 1983.
[8] Stephen P. Boyd and Lieven Vandenberghe. Convex Optimization. Cambridge Univ Press. 2004
[9] Ross Baldick. Applied Optimization: Formulation and Algorithms for Engineering Systems. Cambridge. 2006
[10] S. S. Rao. Engineering Optimization: Theory and Practice. Fourth Edition. John Wiley, 2009.

2ELE064 – TE em SISTEMAS ELETRO-ELETRÔNICOS E DE ENERGIA 06 cr 90 h

Sistemas de Eletrônica de potência e de Energia; sua importância e principais aplicações. A importância da Qualidade de Energia Elétrica. Distúrbios que afetam a Qualidade de Energia. O efeito da cintilação luminosa: causas, efeitos e soluções. Distorção harmônica: causas, efeitos e soluções. Transitórios de chaveamento. Interrupções momentâneas e curva de duração de sobre e subtensões. Importância do aterramento na Qualidade da Energia. Normatização e monitoração da Qualidade da Energia. Técnicas de Análise de Sinais em SEE. Fluxo de potência para redes de transmissão e redes primárias de distribuição. Métodos de Solução para o problema de cálculo do fluxo de potência. Cálculo das perdas elétricas. Calculo do Curto Circuito para redes elétricas. Melhoramento da queda de tensão com aplicação de capacitores e reguladores de Tensão. Controles e limites. Técnicas de Esparsidade.

[1] Apostila de Avaliação de Qualidade de Energia – Pomilio, J. A. – Unicamp, site: http://www.dsce.fee.unicamp.br/~antenor/it012.html
[2] Ned Mohan – A First Course on Power Electronics and Drives – MNPERE – 2003;
[3] M.H. RASHID – Power Electronics – Prentice Hall Int. – 1988.
[4]    Artigos Diversos da Ieee-Pels Conference Records e Ieee-Pels Transactions
BIBLIOGRAFIA SISTEMAS DE ENERGIA :
[5] STEVENSON Jr, William D., Elementos de análise de sistemas de potência, McGraw-Hill do Brasil, S. Paulo, 1978.
[6] ROBBA, Ernesto J., Introdução a sistemas de potência, Edgard Blücher, S. Paulo, 1988.
[7] MORTICELLI,A., GARCIA, A. Introdução a sistemas de energia elétrica – Ed. Unicamp, 2003.
[8] GOMEZ-EXPÓSITO A, CONEJO A, CAÑIZARES C. Sistemas de Energia Elétrica: Análise e Operação- Ed-Genio LTC,2011.
[9]  Site da Agencia Nacional de Energia Elétrica-ANEEL: http://www.aneel.gov.br/.
[10] ZANETTA Jr., Fundamentos de sistemas elétricos de potência, Livraria da Física, S. Paulo, 2005.
[11] MELLO, F. P., Dinâmica e controle da geração, Edições UFSM, Santa Maria, 1983.Operador Nacional do Sistema Elétrico, http://www.ons.com.br.

2ELE065 – TE em OTIMIZAÇÃO LINEAR 03 cr 45 h

Problemas de Programação Linear, Modelagem de Problemas de Programação Linear, Solução geométrica e espaço factível. Álgebra linear, Análise convexa e convexa e conjuntos poliedrais, O método simplex, Solução Inicial e convergência. Implementações especiais do Método Simplex: Método Simplex Revisado, Método Simples para variáveis limitadas, Método de duas fases. Dualidade e Análise de sensibilidade, Análise de sensibilidade e pós-otimização. Algoritmos de pontos interiores para Programação Linear. Aplicações em Engenharia Elétrica.
[1] D.G. Luenberger, Y. Ye, Linear and Nonlinear Programming, Third Ed., Addison Wesley, 2008, Springer
[2] M.S. Bazaraa.; Jarvis, J.J.; Sherali, H.D., Linear Programming and Network Flows, 2nd edition, John Wiley, 1990;
[3] M.S. Bazaraa,; H.D. Sherali, C.M. Shetty, Nonlinear Programming, 2nd Ed., John Wiley, 1993.
[4] LIEBERMAN, G.J. Introduction to Operations Research,. McGraw-Hill International Edutions, 6a Edição, 1995.
[5] GOLDBARG, M.C., LUNA, H.P.L Otimização Combinatória e Programação Linear, Editora Campus, 2000. 7.
[6] MURTY, K.G. Linear Programming, John Wiley & Sons, 1983.
[7] LIEBERMAN, G.J. Introduction to Operations Research,. McGraw-Hill International Edutions, 6a Edição, 1995.

2ELE066 – TE em OTIMIZAÇÃO NÃO-LINEAR com APLICAÇÕES 03 cr 45 h

Otimização Não-Linear. Funções, gradiente e Hessiano. Teorema de Taylor. Condições de optimalidade. Teorema de Kuhn-Tucker. Lagrange e dualidade. Método do Gradiente e Newton. Método das direções conjugadas. Métodos Quasi- Newtonianos, métodos do gradiente projetado e gradiente reduzido. Métodos de penalidade e Lagrangeano aumentado. Algoritmo de Pontos Interiores. Programação quadrática e métodos de Lagrange. Programação convexa. Métodos de otimização não convexa. Programação geométrica. Programação Semi-definida. Aplicações em Engenharia Elétrica.
[1] D.G. Luenberger, Y. Ye, Linear and Nonlinear Programming, Third Ed., Addison Wesley, 2008, Springer
[2] M.S. Bazaraa, H.D. Sherali, C.M. Shetty, Nonlinear Programming, 2nd Ed., John Wiley, 1993.
[3] Dimitri P. Bertsekas. Nonlinear Programming. Athena Scientific. 2nd Ed., 1999.
[4] Stephen Boyd, Lieven Vandenberghe. Convex Optimization. Cambridge University Press 2004
[5] Dimitri Bertsekas, Angelia Nedic. Convex Analysis and Optimization. Athena Scientific 2003
[6] Ross Baldick. Applied Optimization: Formulation and Algorithms for Engineering Systems. Cambridge. 2006
[7] S. S. Rao. Engineering Optimization: Theory and Practice. Fourth Edition. John Wiley, 2009.
[8] D. G. Luenberger. Optimization by Vector Space Methods, Wiley, 1969.
[9] Todd K. Moon and Wynn C. Stirling. Mathematical Methods and Algorithms for Signal Processing. Prentice Hall, 2000.
[10] Garret N. Vanderplaats, Numerical Optimization Techniques for Engineering Design: With Applications, Mcgraw-Hill, New York, EUA, 1984.
[11] Larry C. Andrews e Ronald L. Phillips. Mathematical Techniques for Engineers and Scientists, SPIE Press, Washington, EUA, 2003.
[12] M. Asghar Bhatti. Practical Optimization Methods With Mathematics Applications. Springer-Verlag 2000
[12] Wil Michiels, Emile Aarts, Jan Korst. Theoretical Aspects of Local Search Springer, Heidelberg 2007.
[13] Daniel P. Palomar, Yonina C. Eldar. Convex Optimization in Signal Processing and Communications. Cambridge University Press. 2009.
[14] Gabor Vilmos Szabo. Optimization Problems in Mobile Communication. Dissertation. Swiss Federal Institute of Technology, ETH Zurich.

2ELE067  - TE  em ANÁLISE de SISTEMAS de ENERGIA ELÉTRICA 03 cr 45 h

Modelagem matemática de sistemas elétricos; métodos de fluxo de potência; análises de curto-circuito; análise de contingências; principais características dos sistemas de transmissão de energia; planejamento da expansão de sistemas elétricos de energia; representação matemática do problema do planejamento da transmissão (não-linear e linear); técnicas de solução do problema do planejamento (algoritmo genéticos, busca Tabú, GRASP, Simulated Annealing, etc.) .

[1] MONTICELLI, A. “Fluxo de Carga em Redes de Energia Elétrica”, Editora Edgard Blücher Ltda, 1983.
[2] STAGG, G. W. and El-Abiad, A. H. “Computer Methods in Power System Analysis”, McGraw-Hill, 1968.
[3] MONTICELLI, A.; GARCIA, A. and SAAVEDRA, O. “Fast Decoupled Load Flow: Hypothesis, Derivations and Testing”, IEEE Transactions om
Power Systems, November, 1990.
[4] SULLIVAN, R. L. “Power System Planning”, McGraw-Hill International Company, New York, 1977.
[5] M.S. Bazaraa.; Jarvis, J.J.; Sherali, H.D., Linear Programming and Network Flows, 2nd edition, John Wiley, 1990;
[6] M.S. Bazaraa,; H.D. Sherali, C.M. Shetty, Nonlinear Programming, 2nd Ed., John Wiley, 1993.
[7] GOLDBARG, M.C., LUNA, H.P.L Otimização Combinatória e Programação Linear, Editora Campus, 2000. 7.
[8] MURTY, K.G. Linear Programming, John Wiley & Sons, 1983.
[9] LIEBERMAN, G.J. Introduction to Operations Research,. McGraw-Hill International Edutions, 6a Edição, 1995. 6.
[10] ARTIGOS dos principais periódicos e revistas especializadas versando sobre o assunto.
[1] J. G. Proakis, Digital Comunications, Mc-Graw-Hill, 1989
[2] B. P. Lathi, Modern Digital and Analog Communications Systems, 2th edition, 1989
[3] G.L. Stüber, Principles of Mobile Communication, Kluwer Academic Publishers, 2th edition, 2001
[4] R. Kennedy, Fading Dispersive Communication Channels, John Wiley and Sons, 1969
[5] M. D. Yacoub, Foundations of Mobile Communications Engineering, CRC Press, 1993
[6] W. C. Jakes, Ed., Microwave Mobile Communications, New York: IEEE Press, 1974.
[7] N. Blaunstein and J. B. Andersen, Multipath Phenomena in Cellular Networks Artech House, London, UK, 2002
[8] H.Harada; R.Prasad, Simulation and Software Radio for Mobile Communications, Artech House, 2002.
[9] S. Verdú, Multiuser Detection, Cambridge University Press, 1998
[10] Michael L. Honig. Advances in Multiuser Detection. Wiley-IEEE Press, 2009.
[12] Gerhard Kramer, Ivana Maric, Roy, D. Yates. Cooperative Communications (Foundations and Trends in Networking), Now Publishers, 2007.
[13] Gene H. Golub and Charles F. Van Loan, Matrix Computations, 3rd ed. The Johns Hopkins University Press. Chaps. 1-5 (274 pages). ISBN:
0-8018-5413-X, 0-8018-5414-8 (pbk
[14] K. J. Ray Liu, Ahmed K. Sadek, Weifeng Su, Andres Kwasinski. Cooperative Communications and Networking. Cambridge, 2009
[15] Yan Zhang, Hsiao-Hwa Chen, Mohsen Guizani. Cooperative Wireless Communications (Wireless Net and Mobile Comm). Auerbach, 2009.