Volume 27 - 2014 Imprimir E-mail

Traços do componente romântico
na literatura contemporânea

Sumário

Resp. Sonia Pascolati

Todos os arquivos estão disponibilizados em formato PDF.

Você precisará do Adobe Reader para lê-los.


Artigo e autor
Páginas

VESTÍGIOS ROMÂNTICOS NA LITERATURA DE AUTORIA FEMININA

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UNICENTRO)

6-16

RESUMO: O presente trabalho visa investigar minicontos de Lia Beltrão publicados no site literário Escritoras Suicidas, salientando os vestígios da tradição romântica a partir do subjetivismo encontrado na escrita da autora. Os textos estudados apresentam-se com um campo de instauração de novos significados; além disso, analisam-se conexões entre a identidade e a escrita de si que emerge no contemporâneo como campo de criação pelo qual a escrita de autoria feminina instaura novos significados ao ficcionalizar experiências vividas.
PALAVRAS-CHAVE: narrativa feminina contemporânea; romantismo; subjetivismo.

Romantic literature footprints in contemporary women’s writing

ABSTRACT: In this paper, I try  to investigate three ministories Lia Beltran published in the literary site “Suicides Writers”, emphasizing footprints of the Romantic tradition in the subjectivism found in her writings. The texts present the introduction of new meanings to the romantic idea; furthermore, I analyze connections between identity and the writing itself which emerges as the contemporary field of creation by which women’s writing introduce new meanings to fictionalize experiences lived.
KEYWORDS: contemporary women’s narrative; romanticism; subjectivism.

Recebido em 16 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

AUTORIA FEMININA: ROMANTISMO NA CONTEMPORANEIDADE?

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFRJ)

17-26

RESUMO: O presente artigo tem como objetivo relacionar características temáticas do movimento romântico com a literatura contemporânea, levando em consideração a presença da autoria feminina desde o século XXI. Considera-se de fundamental importância trazer à luz a obra de escritoras do passado e mostrar o eco de suas obras na produção literária do presente. Para isso é analisado o romance Antes que o amor acabe, de Patrícia Bins, além de outras obras de autoras dos séculos XX e XXI.
PALAVRAS-CHAVE: literatura contemporânea; romantismo; autoria feminina.

Female authorship: romanticism in contemporary literature?

ABSTRACT: This article aims to relate thematic characteristics of the Romantic movement in contemporary literature, taking into account the presence of female authorship in the XXI century. It is of fundamental importance to bring to light the work of women writers of the past and show the echo their works in the literary production of present times. For it  I discuss the novel Antes que o amor acabe, by Patricia Bins, and other works of authors of the 20th and 21st centuries.
KEYWORDS: romantism;  female authorship;  contemporary literature.

Recebido em 14 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

A IRONIA ROMÂNTICA COMO FIO CONDUTOR PARA A INTERPRETAÇÂO DO ROMANCE DESONRA

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UNISC) e
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UNISC)

27-37

RESUMO: Neste artigo, apresentamos uma proposta interpretativa para o romance Desonra, de J.M. Coetzee, à luz da ironia romântica. Através dela, remetemos aos possíveis conhecimentos gerados e veiculados pela obra a partir da leitura realizada. A hipótese norteadora é a de que se trata de uma narrativa literária que apresenta problemas contundentes do mundo contemporâneo, tais como mudanças socioculturais significativas e situações específicas inerentes à condição humana. Abordamos a questão da ironia romântica considerando-a como a perspectiva filosófica que possibilita nossa proposta interpretativa.
PALAVRAS-CHAVE:  Desonra; narrativa; ironia romântica.

The romantic irony as a guideline to interpret the novel Disgrace

ABSTRACT: In this article, we present an interpretative proposal for  J. M. Coetzee’s Desonra (Disgrace) in the light of romantic irony. Through it, we refer to the possible knowledge generated and transmitted by the novel. The guiding hypothesis is that it shows a literary narrative that presents overwhelming problems of the contemporary world, such as significant social and cultural changes, and situations inherent to the human condition. We approach the issue of romantic irony considering it from a philosophical perspective that enables our interpretive proposal.
KEYWORDS: Desonra. Narrative. Romantic irony.

Recebido em 5 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

A IRONIA ROMÂNTICA DE FRIEDRICH SCHLEGEL E SUA PRESENÇA NO ROMANCE “MAYOMBE”, DE PEPETELA

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (FFLCH/ USP)

38-49

RESUMO: A ironia romântica de Friedrich Schlegel (1772-1829) assimila a antiga ironia socrática, reinterpreta seu significado e a insere como um dos elementos centrais de sua teorização crítico-literária. Enquanto beleza lógica e forma do paradoxo, ela é um instrumento de metacrítica e locus de autorreflexão filosófica e crítico-literária. Esse artigo analisa e discute a ironia romântica e sua inserção no romance Mayombe (1980), de Artur Carlos Maurício Pestana dos Santos, o Pepetela. Busca-se compreender como a ironia romântica transforma a obra em espaço de reflexão sobre os problemas sociais de seu tempo, possibilita a exteriorização objetiva, ao mesmo tempo em que permite a incorporação dialética da própria história.
PALAVRAS-CHAVE: Friedrich Schlegel; ironia romântica; Pepetela; literatura contemporânea angolana.

Friedrich Schlegel’s romantic irony and its presence in Pepetela’s Mayombe

ABSTRACT: Friedrich Schlegel’s romantic irony assimilates the ancient Socratic irony and reinterprets its meaning, inserting it as one of the nuclear elements of his theory of literary criticism. As a kind of logical beauty and form of the paradox, irony is an instrument of metacritics and locus of philosophical self-reflexion and literary criticism. This article analyses and discusses the romantic irony and its insertion in the novel Mayombe (1980) by Pepetela. It seeks to understand how romantic irony transforms the work in a space of reflexion about the social problems of its time, enabling the objective exteriorization and at the same time the dialectical incorporation of history.
KEYWORDS: Friedrich Schlegel; romantic irony; Pepetela; contemporary Angolan literature. 

Recebido em 15 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

TRAÇOS DA IRONIA ROMÂNTICA NA LITERATURA DO SÉCULO XX

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UEMS/FUNDECT/NEHMS)

50-63

RESUMO: Nossa preocupação, neste estudo, é discutir traços da ironia romântica na literatura do século XX. Em nosso ponto de vista, a presença de um percurso irônico no Romantismo é relevante para o delineamento estético e temático da literatura produzida ao longo do século XX, o que conduz a compreensão de um continum irônico na tradição literária no Brasil. O que se pretende, então, é evidenciar as inovações estéticas presentes no corpus e, acima de tudo, discutir pontos de contato entre Romantismo e Modernismo por meio da abordagem do perfil irônico perceptível no Romantismo e no Modernismo.  
PALAVRAS-CHAVE: tradição; romantismo; modernismo; poesia brasileira.

Traces of romantic irony in the twentieth century literature

ABSTRACT: This study discusses the romantic irony as a source of influence on twentieth-century literature. In our view, the presence of ironic traits in Romanticism is relevant to profiling the aesthetics and themes in twentieth century literature, leading to an understanding of an ironical continuum in the literary tradition in Brazil. For that I want to highlight some aesthetic innovations and above all show contact points between Romanticism and Modernism through the discussion of the perceived ironic profiles of the two movements.
KEYWORDS: tradition; romanticism; modernism.

Recebido em 6 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

HILDA HILST E A EXPERIÊNCIA ROMÂNTICA DO AFASTAMENTO

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFSC)

64-73

RESUMO: Hilda Hilst escreveu em diversos gêneros, no entanto, antes de escrever dramaturgia,  narrativas e crônicas, ela se dedicava inteiramente aos poemas. Entre 1960 e 1967, Hilda passou por um processo de transformação de sua escrita, que tocou algumas questões inerentes ao Romantismo, tais como a idealização e auto-expressão do poeta. O objetivo deste trabalho é traçar uma leitura que aponte as características românticas desse processo em sua obra poética publicada no período. 
PALAVRAS-CHAVE: Hilda Hilst; romantismo; experiência estética.

Hilda Hilst and the romantic experience of withdrawal

ABSTRACT: Hilda Hilst wrote different literary genres. Nonetheless, she was a devoted poet. Drama and prose had come to her after poetry. Between the years 1960 and 1967, Hilda transformed her way of writing and that resulted in including inherent aspects of Romanticism such as idealization and poet’s self-expression. Taking these changes into account, this paper will establish a reading of Hilda Hilst’s poetic works where romantic characteristics will be pointed out.
KEYWORDS: Hilda Hilst; romanticism; aesthetic experience.

Recebido em 9 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.

BOLBER A VIVER: DOUGLAS DIEGUES E A RETOMADA DA UTOPIA ROMÂNTICA

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (PNPD CAPES/UEL)

74-86

RESUMO: Qual o papel do movimento romântico na poesia brasileira contemporânea? É possível renovar o papel das utopias românticas hoje? Este artigo procura responder essas questões a partir da singularidade da poesia de Douglas Diegues, de seu projeto estético e de sua posição específica frente à tradição da literatura brasileira. 
PALAVRAS-CHAVE: Douglas Diegues; poesia brasileira contemporânea; romantismo.
 
Bolber a viver: Douglas Diegues and the renewal of romantic utopias
 
ABSTRACT: What is the role of Romanticism in contemporary Brazilian poetry? Is it possible to establish a new role for Romanticism utopias in present times? This article aims at answering these questions from the singularity of Douglas Diegues’ writing, his poetics and its particular posture in the Brazilian literary tradition.
KEYWORDS: Douglas Diegues; contemporary Brazilian poetry; romanticism.

Recebido em 16 de junho de 2014; aprovado em 20 de dezembro de 2014.