Volume 21 - 2011 Imprimir E-mail

Representações literárias de conflitos sociais

 
Resp. Sonia Pascolati
 
Todos os arquivos estão disponibilizados em formato PDF.

Você precisará do Adobe Reader para lê-los.



Artigo e autor
Páginas

Os Reflexos Exploratórios da Colonização Presentes em “O Canto do Piaga”, de Gonçalves Dias: uma Abordagem Pós-colonial

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (PG – UEM/CAPES)

6-18

RESUMO: O artigo em questão visa propor uma discussão, através da análise do poema “O Canto do Piaga”, de Gonçalves Dias, sobre a postura do colonizador europeu em relação aos nativos da América do Sul, destacando a maneira como esta relação foi maléfica para os nativos. Os colonizadores viam na antiga colônia um local com grande capacidade para exploração, tanto material quanto humana, fazendo com que subestimassem os povos aqui encontrados, gerando assim uma visão bem negativa dos colonizadores referente às suas atitudes, as quais repercutiram em vários campos do conhecimento, inclusive nas artes, como no caso do poema em questão.
PALAVRAS-CHAVE: literatura pós-colonial; zona de contato; outremização.

ABSTRACT: This article discusses the posture of the colonizer towards the Native people of South America through the analysis of the poem “O Canto do Piaga” (The Medicine Man’s Chant), focusing on the way in which this relationship was harmful to the Native people. The colonizers saw in the old colony a place with a great potential for exploitation, both material and human. Its consequence was the underestimation of the original people from South America, thus generating a very negative view of the colonizers regarding the Native’s attitudes, which had encompassed many fields of knowledge, including arts as in the case of the analyzed poem.
KEYWORDS: post colonial literature; contact zone; othering.

Recebido em 22 de junho de 2011; aprovado em 14 de setembro de 2011.

"A Vingança De Um Recruta”: A Guerra Do Paraguai Contada Por Um Baiano Voluntário

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UNESP/Assis)

19-28

RESUMO: O presente trabalho tem por objetivo analisar uma das cinco narrativas do longínquo e esquecido livro do Visconde de Taunay, Narrativas Militares (1878), a partir do fato histórico da Guerra do Paraguai: seja nos dilemas íntimos vivenciados pelos personagens, seja nos embates políticos apontados como pano de fundo desse processo histórico e nas relações sociais que se estabelecem em tempos bélicos. Trata-se de “A Vingança de um Recruta”, cujo personagem principal é um baiano que, de maneira cômica, desfaz o mito dos voluntários da pátria, revelando um sistema militar injusto e ineficaz.
PALAVRAS-CHAVE: Guerra do Paraguai; Taunay; militarismo.

ABSTRACT: This study examines one of the five narratives of the distant and forgotten book of Visconde de Taunay, Narrativas Militares (1878), about the historical facts of the War of Paraguay: either in intimate dilemmas experienced by the characters, or in political conflicts appointed as backdrop of this historical process and in social relations that are established in times of war. It is “A Vingança de um Recruta" [The revenge of a recruit] whose main character came from Bahia that, comically, undoes the myth of patriotic volunteers, revealing as unfair an inefficient a military system.
KEYWORDS: War of Paraguay - Taunay - militarism

Recebido em 30 de junho de 2011; aprovado em 5 de agosto de 2011.

Rubem Fonseca: a Representação da Violência e das Relacões de Poder enquanto Agressão ao Leitor no Conto “O Cobrador”

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (FAESI/UNIGUAÇU)

29-39

RESUMO: Em uma linguagem concisa, contundente e perturbadora, a literatura de Rubem Fonseca procura revelar, nos menores detalhes, a violência, as diferenças econômicas, erotismo e as relações de poder surgidas nas grandes metrópoles. Nesta perspectiva, este artigo pretende analisar o conto “O cobrador”, no qual a voz do elemento marginalizado exibirá, por meio da violência, as falhas da sociedade moderna e conduzirá o leitor à incomoda reflexão sobre seus princípios, valores e leis, ora pela empatia, ora pela aversão ao indivíduo transgressor e seu discurso.
PALAVRAS-CHAVE: literatura contemporânea; violência; poder.

ABSTRACT: On a concise, agressive and disturbing speech, Rubem Fonseca’s literature tries to reveal, on small details, the violence, the economy’s differences, the erotism and the relations of power that have arisen in the metropolis. By using this perspective, this article intends to analyze the short story “O Cobrador”, in which the marginalized element’s voice will expose, by violence, the failures of modern society. The story will also lead the reader to an inconvenient reflection about his principles, values and laws, sometimes by empathy, sometimes by empathy aversion to the trespasser and his speech.
KEYWORDS: contemporary literature; violence; power.

Recebido em 26 de junho de 2011; aprovado em 10 de setembro de 2011.

Em câmara lenta: Poética da Guerrilha

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFF)

40-50

RESUMO: Este estudo pretende demonstrar a maneira com que se constrói o romance Em câmara lenta de Renato Tapajós, considerando principalmente a sua estrutura narrativa. Esse romance apresenta possibilidades estéticas que acentuam sua enunciação ideológica, por fragmentar a narrativa e dar a ela o senso de coletividade. Seu enunciado é construído a partir de dois narradores: o narrador observador e o narrador interno. Cada qual erspectiva, do seu modo, o acontecimento da guerrilha no Brasil durante o período do autoritarismo militar.
PALAVRAS-CHAVE: narrativa literária; estética; ideologia; romance político.

ABSTRACT: This study tries to demonstrate the way by which Renato Tapajós composed the novel Em câmara lenta by analyzing the narrative structure. The novel presents esthetic possibilities that emphasizes its ideological enunciation, by breaking out the narrative and by giving it a collective sense. This discourse is composed by two narrators: the observer narrator and intern narrator. In their own way they present the guerrilla fight event in Brazil during the period of the military authoritarian ruling.
KEYWORDS: literary narrative; aesthetics; ideology; political novel.

Recebido em 22 de junho de 2011; aprovado em 20 de setembro de 2011.

A Voz da Resistência na Poesia de Dom Pedro Casaldáliga

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UNEMAT)

51-64
RESUMO: O desdobramento do termo pós-moderno proposto por Alfredo Bosi traz em seu bojo um movimento de autodefesa que coincide com o processo de renovação da Igreja Católica na América Latina. Em tempos de ditadura, chega ao Brasil Dom Pedro Casaldáliga, cuja militância frente à Teologia da Libertação inspira não só a ação religiosa mas também reflete e renova a poesia religiosa. Os conflitos sociais vivenciados em terras da Amazônia Mato-grossense ganham corpo na voz da resistência e da denúncia desse religioso poeta da libertação.
PALAVRAS-CHAVE: poesia religiosa; resistência; Pedro Casaldáliga.

ABSTRACT: The term postmodern as unfolded by Alfredo Bosi brings with it a self-defense movement that coincides with the renewal process of the Catholic Church in Latin America. In times of dictatorship, Dom Pedro Casaldáliga arrives in Brazil; his activism in the liberation theology inspired not only religious actions but also it reflects and renews the religious poetry. The social conflicts experienced in the Amazon lands of Mato Grosso become noticed through the religious poet’s voice of resistance and accusation.
KEYWORDS: religious poetry; resistance; Pedro Casaldáliga.

Recebido em 12 de junho de 2011; aprovado em 9 de julho de 2011.

A Representação Literária da Guerra do Contestado: Amálgamas ficcionais em O Bruxo do Contestado

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (CMRJ)
65-75
RESUMO: Esta pesquisa diz respeito ao aproveitamento ficcional da Guerra do Contestado na elaboração do romance O Bruxo do Contestado (1996),de Godofredo de Oliveira Neto. Com base nos pressupostos teóricos de no trabalho de Linda Hutcheon, intitulado Poética do pós-modernismo (1991), constituíram objeto de estudo elementos tais como a metanarrativa, a intertextualidade e a matéria de extração histórica, o que viabilizou o mapeamento mais eficaz das diferentes formas em que a fragmentação do eu aparece traduzida na obra, bem como possibilitou a melhor compreensão da tênue fronteira entre ficção e o fato histórico explorado pelo escritor.
PALAVRAS-CHAVE: literatura; história; metaficção

ABSTRACT: The present paper examines the fictional works about the Contestado War and its influences on the representations of reality. Based on the theoretical premises on Linda Hutcheon’s A Poetics of Postmodernism (1991), metanarrative, intertextuality and the matter of historical extraction were objects of study. This made it possible to more effectively map the different ways in which the fragmentation of the self appears on these works, as well as to better understand the thin line between fiction and reality exploited by this writer.
KEYWORDS: literature; history; metafiction.

Recebido em 30 de junho de 2011; aprovado em 8 de julho de 2011.
Artigo e autor
Páginas

O Discurso Crítico Subversivo do Marginal na Crônica Brasileira Contemporânea

 Cleber José de Oliveira (PPGL-UFGD)
e   Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFGD)

76-86

RESUMO: O presente artigo analisa como se constrói a representação e a autorrepresentação do marginal na crônica produzida no Brasil contemporaneamente. Parte da hipótese geral de que algumas crônicas manifestam um esforço no sentido de dar voz ao marginal. Afirma que isso é manifestado por meio do discurso crítico subversivo à luz de Stuart Hall (1998; 2003); Silviano Santiago (1989; 2004); e Walter Mignolo (2003). Assim, selecionamos os seguintes textos para análise: “Rio de Sangue” (2009), de Ferréz; “Estamos todos no inferno” (2006), de Arnaldo Jabor; “Provocações” (1999), de Luis Fernando Veríssimo, crônicas e cronistas reconhecidamente contemporâneos.
PALAVRAS-CHAVE: crônica brasileira contemporânea; discurso crítico; representação do marginal.

ABSTRACT:This article aims to analyze how the outcast’s representation and self-representation are built in the crônica, a  literary genre in contemporary Brazil. First, it starts with a general hypothesis that some crônicas manifest an effort as if giving voice to the subaltern individual (as an outcast). It also states that this voice is manifested by the subversive critical discourse based on Stuart Hall (1998, 2005); Silviano Santiago (1989, 2004); and Walter Mignolo (2003). For doing so, we have selected the following texts to investigate: “Rio de Sangue”  by Ferréz (2009), “Estamos todos no inferno”, by Arnaldo Jabor (2006), and “Provocações”, by Luis Fernando Veríssimo (1999), well-known contemporary texts and writers.
KEYWORDS:  contemporary Brazilian crônica; critical discourse; outcast’s representation.

Recebido em 29 de junho de 2011; aprovado em 28 de julho de 2011.

Representações da Luta e da Resistência Negra no Quilombo Manoel Congo na Literatura de Cordel

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UEPB)

87-100

RESUMO:  A partir do texto poético de cordel, este artigo discute sobre a trajetória de luta e resistência de Manoel Congo, no Quilombo homônimo. Objetivamos refletir sobre quais as representações que tal acontecimento, importante na história dos quilombos no Brasil, adquire no texto de cordel e de que maneira essas representações podem ajudar na compreensão das questões relativas à forma como negros/as empreenderam suas lutas individuais e coletivas pela liberdade e em prol de seus direitos sociais.
PALAVRAS-CHAVE: literatura de cordel; quilombo; representação; resistência.

ABSTRACT: From the poetic text of literatura de cordel (literature on a string), this article discusses Manoel Congo’s trajectory of fight and resistance, in the quilombo of Manoel Congo. We try to reflect on the representations of such fact very important in the history of the quilombos in Brazil in the text literatura de cordel and in which ways these representations can help understanding the questions related to the way the black people conducted their fight individually and as a group to conquer their freedom and their social rights.
KEYWORDS: literatura de cordel; quilombo; representation; resistance.

Recebido em 30 de junho de 2011; aprovado em 20 de setembro de 2011.

Representações da Guerra da Tchetchênia, em O Filho da Mãe, de Bernardo Carvalho

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UERJ)

101-112

RESUMO:  Este artigo investiga a questão da representação da guerra da Tchetchênia no romance O filho da mãe, de Bernardo Carvalho, privilegiando as relações entre ficção e história. Na leitura desse romance, damos sequência a nossas pesquisas acerca da narrativa contemporânea e, por meio da obra de Carvalho, iremos mostrar de que forma o discurso literário vem se impondo como importante fonte de reflexão acerca dos fenômenos culturais e olíticos da contemporaneidade, dentre os quais destacaremos, nesse trabalho, a problemática da guerra.
PALAVRAS-CHAVE: história; ficção; guerra; representações.

ABSTRACT: This article investigates the question of representation of the Tchetchenia War in the novel O filho da mãe, by Bernardo Carvalho, emphasizing the relations between fiction and history. With this novel, we advance in our researches on Brazilian contemporary fiction and, supported by Carvalhos’s work, we will show the way literary discourse imposes itself as an important source for the reflections concerning cultural and political ffairs of the contemporary world, among them the problem of the wars.
KEYWORDS: history; fiction; representation; war.

Recebido em 30 de junho de 2011; aprovado em 12 de setembro de 2011.

O Romance Português Contemporâneo e a Representação de Conflitos Sociais: O Vento Assobiando nas Gruas, de Lidia Jorge.

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFSM)

113-124

RESUMO: Este artigo analisa a obra O vento assobiando nas gruas (2002), de Lídia Jorge, como um exemplo das tendências formais e das preocupações críticas do romance português contemporâneo. A narrativa jorgiana, principalmente por meio da ironia, questiona a relação problemática da sociedade pós-colonial portuguesa com a imigração intensa de africanos para seu país, e assim revisa sentidos que deram base à maneira portuguesa de se uto-identificar perante o “outro”.
PALAVRAS-CHAVE: romance português contemporâneo; Lídia Jorge; O vento assobiando nas gruas; migração africana.

ABSTRACT: This  paper analyzes the novel O vento assobiando nas gruas, by Lídia Jorge, as an example of the formal tendencies and of the critical concern in the Portuguese contemporary novel. Jorge’s narrative, especially by means of irony, questions the problematic relations of the post colonial Portuguese society with the African imigration to Portugal, and also reviews the manner in which the Portuguese identify themselves and the “Others”.
KEYWORDS: Portuguese contemporary novel; Lídia Jorge; O Vento assobiando nas gruas; African migration.

Recebido em 4 de junho de 2011; aprovado em 3 de setembro de 2011.

A vez e a voz do sertanejo em A Guerra do Fim do Mundo

Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email (UFAM/UFSC/FAPEAM)

125-136
RESUMO: Em 1972, Llosa tomou contato com Os Sertões, de Euclides da Cunha. A obra do autor brasileiro – publicada em 1902 e que narrava os episódios da Guerra de Canudos ocorridos no final do século XIX – logo despertou o interesse do autor peruano que a partir de 1977 começou a trabalhar na escrita de um romance sobre a Guerra de Canudos. Llosa se vale desse episódio da virada do século XIX para o XX como chave de leitura para a condição histórica da América Latina dos anos 70. O presente trabalho discute as opções estéticas e ideológicas que nortearam a escrita desse romance, tendo em vista os discursos sobre a alteridade e os relatos dos oprimidos que atravessam A Guerra do fim do mundo.
PALAVRAS-CHAVE: literatura latino-americana; Mario Vargas Llosa; alteridade; narrativa dos oprimidos.

ABSTRACT: In 1972, the Peruvian writer Mario Vargas Llosa read the Brazilian book Os Sertões [The Backlands] by Euclides da Cunha. Published in 1902, this work tells the story of the War of Canudos that took place in Brazil in the end of the nineteenth century. It soon arose the interest of Llosa who started writing a novel about this subject in 1977, which was later called The war of the end of the world. Llosa uses this episode in the nineteenth century as a symbolic way of reading Latin America’s historic situation in the 1970s. This paper aims at discussing the aesthetic and ideological aspects of the novel by taking into consideration ideas on alterity and the reports of the oppressed that inhabit The war of the end of the world.
KEYWORDS:Latin American literature; Mario Vargas Llosa; alterity; narrative of the oppressed.

Recebido em 3 de maio de 2011; aprovado em 17 de agosto de 2011.